Tribunal do Trabalho considera válida demissão por justa causa por ‘curtida’ no Facebook

O ato de curtir no Facebook comentários feitos por outra pessoa considerados ofensivos à empresa em que trabalha e a um dos sócios é motivo para demissão por justa causa.

De acordo com o Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (Campinas), a prática caracteriza ato lesivo a honra e boa fama contra o empregador, o que configura a justa causa conforme a letra “k” do artigo 482 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

O fato é grave, posto que se sabe o alcance das redes sociais, isso sem contar que o recorrente confirma que outros funcionários da empresa também ‘eram seus amigos’ no Facebook. A liberdade de expressão não permite ao empregado travar conversas públicas em rede social ofendendo a sócia proprietária da empresa, o que prejudicou de forma definitiva a continuidade de seu pacto laboral”, registrou a juíza Patrícia Glugovskis Penna Martins, relatora da ação no TRT-15. Continuar lendo

Como oferecer benefícios diferenciados para seus funcionários sem gastar demais

Já não é de hoje que as empresas precisam investir em benefícios atrativos para manter e reter os melhores colaboradores.

Segundo pesquisa da Glassdoor divulgada pela revista Época Negócios, 4 em cada 5 funcionários preferem benefícios melhores ao invés de aumento de salário. Os benefícios são determinantes para aceitar ou não um emprego novo para 57% dos entrevistados da pesquisa.

Algumas empresas investem em benefícios diferenciados e de altíssimo valor agregado, como viagens para a família do colaborador, licença maternidade e paternidade de 1 ano, clube de campo, etc. Continuar lendo

6 erros que podem estar impedindo você de conseguir um emprego

Com as demissões e as poucas oportunidades de contratações, o número de pessoas procurando oportunidades aumentou e a concorrência está cada vez mais acirrada

Apesar de mostrar lentos sinais de recuperação, o Brasil vive atualmente um momento delicado em seu cenário econômico. Um dos fatores que mais contribui para o agravamento da situação é a alta do desemprego, que desacelera a distribuição de renda, o consumo e consequentemente toda a roda gigante da economia brasileira.

Com as demissões e as poucas oportunidades de contratações, o número de pessoas procurando oportunidades aumentou e a concorrência está cada vez mais acirrada. Continuar lendo

Empresa cria Programa de Estágio inovador

Em grande parte das empresas, o processo de seleção para conseguir novos estagiários é similar: o candidato se apresenta, faz uma prova, conversa com os gestores e aguarda o retorno para ver se passará ou não. Entretanto, é possível inovar nos programas de estágio e conseguir se destacar entre os jovens como uma marca diferenciada, que dá apoio a eles durante as etapas seletivas. Continuar lendo

Redes sociais são usadas para investigar trabalhadores pela Justiça brasileira

– O Tribunal Regional de Trabalho (TRT) da 9ª Região, em Curitiba, usou o LinkedIn de uma trabalhadora para decidir que uma ação não fosse movida na cidade.

Provou-­se, por meio da rede social, que a autora havia trabalhado em Maringá, no Paraná, e Marília, no interior de São Paulo, mas não em Curitiba. “De posse das imagens do perfil, mostramos ao juiz que o trabalho foi realizado somente nas cidades de Maringá e Marília, portanto, não havendo motivos para que a ação se desenrolasse em Curitiba”, disse Antonio Vasconcellos Jr., da Advocacia Castro Neves Dal Mas, que foi advogado da empresa no caso. Continuar lendo

Os pontos da lei da terceirização que mais podem afetar você

O projeto de lei (PL 4.302/1998) aprovado ontem pela Câmara e que libera a terceirização para todas as atividades das empresas tem alguns pontos que estão deixando profissionais de cabelo em pé. Mas afinal, isso vai significar o fim da CLT?

A ampliação da terceirização – caso seja sancionada, a lei vai permitir que profissionais trabalhem para qualquer empresa sendo contratados por meio de prestadoras de serviço especializadas – vai afetar a vida de muita gente. Mas, advogados consultados pelo portal EXAME.com destacam: tudo o que prevê a CLT continua valendo. Continuar lendo

Câmara aprova terceirização para qualquer atividade em empresas públicas e privadas

Projeto foi aprovado por 231 votos a 188; deputados também aprovaram ampliação da permissão para trabalho temporário de seis para nove meses

BRASÍLIA – A Câmara aprovou, na noite desta quarta-feira, 22, a redação final do projeto de lei de 19 anos atrás que permite terceirização irrestrita em empresas privadas e no serviço público. A proposta também amplia a permissão para contratação de trabalhadores temporários, dos atuais três meses para até nove meses – seis meses, renováveis por mais três. Continuar lendo

Saiba como acabar com a fofoca dentro de sua empresa

É necessário educar os funcionários que fazem parte do seu negócio a não disseminarem a boatos

Vou lhe confessar algo: acredito que um dos piores defeitos de um colaborador é a fofoca. Digo isso porque os prejuízos que ela causa, em ambientes organizacionais, são imensos, e se não forem controlados, podem gerar situações constrangedoras em sua empresa. Por isso, é fundamental tomar medidas enérgicas para cortar, de fato, este verdadeiro mal pela raiz, pois, se você adotar uma postura omissa diante de algo como a fofoca no ambiente de trabalho, ela pode causar grandes danos, à sua imagem, à imagem da sua empresa e de seus colaboradores. Continuar lendo

JSERV MULTISOLUÇÕES: A parceira que a sua empresa precisa!

Atenção Empresários e gestores de Atibaia e região: todos sabem da importância de uma gestão com foco em produtividade. Diante de um mercado exigente, é fundamental atuar na otimização de processos e na redução de despesas. Nesse sentido, a terceirização de serviços é uma alternativa que faz parte das estratégias corporativas. Esse modelo de trabalho tem sido cada vez mais utilizado por empresas de diversos setores. que buscam mais agilidade, qualidade e especialização em todos os processos. A terceirização da JSERV MULTISOLUÇÕES é capaz de trazer uma série de ganhos ao seu negócio. Conheça agora os mais importantes: Continuar lendo

Felicidade do colaborador é fundamental para o sucesso da Organização

No Dia Internacional da Felicidade, pesquisa da Robert Half revela os segredos das empresas e dos colaboradores mais felizes

São Paulo, 20 de março de 2017 – A cada 20 de março é comemorado o Dia Internacional da Felicidade e a boa notícia é que, em geral, os colaboradores estão felizes no trabalho. Em uma escala de 0-100 de felicidade, a pontuação média é de 70. No entanto, em empresas com 10.000 ou mais membros na equipe, a pontuação cai para 67. Os resultados fazem parte da pesquisa Os segredos das empresas e colaboradores mais felizes, realizada pela Robert Half em parceria com a Happiness Works, e que contou com a avaliação dos níveis de felicidade de mais de 23 mil profissionais, em oito diferentes países, que conversaram sobre satisfação no trabalho. Os entrevistados contemplavam diferentes faixas etárias, níveis de experiência e indústrias. Continuar lendo

Confirmada demissão por justa causa por uso excessivo de celular no trabalho

A 6ª Turma manteve a justa causa aplicada a um serralheiro de Maringá, no Noroeste do Paraná, que, mesmo advertido várias vezes, não cumpriu a regra de segurança da empresa que vedava o uso do telefone celular durante o horário de expediente. A decisão, da qual cabe recurso, manteve o entendimento de sentença proferida pela 3ª Vara do Trabalho de Maringá.

O autor do processo trabalhou em uma pequena serralheria de Maringá por quase dois anos, entre julho de 2013 e abril de 2015. A execução do serviço envolvia manipulação de máquinas de corte, de polimento e soldas, além de produtos químicos com algum grau de toxicidade. Por conta do risco, e como forma de não haver distrações, era norma da empresa que não se utilizasse o celular durante o expediente. Continuar lendo

Novas contratações chegam com salários menores

Empresas que começam a contratar ainda o fazem com cautela e oferecem pagamentos mais baixos

Depois de três anos, a Bollhoff, multinacional alemã fabricante de peças de fixação para a indústria automotiva e de máquinas agrícolas, voltou a contratar. Desde o final de 2016 até agora, a companhia ampliou em 10% o quadro de funcionários, principalmente de nível operacional, e planeja mais admissões até meados do ano. “Voltamos a contratar por causa do aquecimento da demanda”, diz o presidente, Flávio Silva. Ele explica que a procura das peças que produz cresceu 15% pelo setor agrícola e em torno de 30% pelo segmento automotivo destinado à exportação. Continuar lendo

O melhor e o pior setor para buscar emprego no Brasil atualmente

Relatório mostra boas notícias para o mercado de trabalho brasileiro

O setor mais otimista para contratação no Brasil em 2017 é o de agricultura, pesca e mineração, de acordo com uma pesquisa do ManpowerGroup enviada à imprensa nesta terça­feira, 14 de março. Aquele que apresentou os empregadores mais pessimistas, por sua vez, foi o de construção civil.

O estudo entrevistou 850 empregadores no Brasil e 58.293 profissionais em 43 países, e seus resultados são referentes ao segundo trimestre de 2017. A boa notícia é que as perspectivas de contratação atuais são as mais otimistas dos últimos dois anos. Continuar lendo

Universidade Corporativa da PepsiCo visa intensificar oportunidades estratégicas

Educação corporativa pode ser sinônimo de muitas conquistas para uma empresa. Atração e retenção de talentos, profissionais altamente capacitados para realizar suas funções e até mesmo vantagem competitiva por meio do aprendizado contínuo no mercado são alguns dos destaques para a PepsiCo.

Segundo a OMD Head da empresa, Karen Ramirez, o investimento em educação corporativa da Universidade PepsiCo é uma questão encarada com muito entusiasmo. “Atrair talentos está cada vez mais desafiador num mercado volátil e competitivo. A PepsiCo tem investido constantemente em qualidade na entrega de conteúdos e aperfeiçoamento intelectual, criando uma proposta robusta de valor ao empregado”, destaca. Continuar lendo

Pizza Hut aposta em funcionários com mais de 60

Investir na saúde dos funcionários é uma das maiores preocupações de todas as empresas que querem se desenvolver (e manter baixos níveis de turnover).

Foi pensando em novas formas de atrair a atenção dos colaboradores para a importância de manter a saúde em dia que a Pizza Hut São Paulo lançou o programa de saúde para funcionários “Atividade Multiplicadora”. Continuar lendo