Nova ferramenta do INSS mostra quanto tempo falta para se aposentar

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) lançou um novo serviço que simula o tempo de contribuição e diz se o trabalhador já tem tempo para pedir a aposentadoria por idade ou por tempo de contribuição. A ferramenta está disponível no site meu.inss.gov.br.

O lançamento da ferramenta ocorre dias depois de o governo anunciar oficialmente a suspensão da tramitação da reforma da Previdência no Congresso. A proposta de emenda à Constituição (PEC), que deve ficar parada até o fim do ano, endurece as regras para se aposentar e mira sobretudo aumentar a idade mínima para atingir o benefício. Continuar lendo

Plataforma de empregos com apoio do AGRUPARH entra no ar

AGRUPARH

Foi lançado no dia 02 de fevereiro o portal de oportunidade de emprego e cadastro de currículos Progress Oppotunity! O portal tem o objetivo de aproximar os profissionais e as oportunidades de trabalho, tornando este contato rápido e fácil.

Em pouco menos de 15 dias no ar, o portal já atingiu números impressionantes de acesso e cadastros, tendo mais de 5.800 visualizações, 130 vagas cadastradas e pouco mais de 490 usuários e/ou currículos cadastrados e 23 empregos conquistados.

Ver o post original 385 mais palavras

Saiba como pensar em gestão de talentos nas pequenas empresas

As pequenas empresas estão em franco crescimento no Brasil, representando 27% do PIB (Produto Interno Bruto) e 54% das vagas formais no mercado de trabalho, de acordo com dados do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) divulgados em 2017. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), uma pequena empresa no Brasil é aquela com até 49 funcionários, se for do setor comercial ou de serviços, ou com até 99 funcionários, se for do setor industrial. O faturamento também é fator determinante para sua qualificação como pequena empresa: o valor máximo deve ser de R$ 3,6 milhões ao ano. Continuar lendo

5 formas de melhorar suas habilidades de comunicação

Quais características e posturas você acha que o líder ideal deveria ter? É isso que Sofia Esteves quer saber

Qualquer relacionamento pode acabar quando a comunicação não funciona. No mundo corporativo não é diferente

Os bons líderes também são bons comunicadores. Afinal, é impossível transformar uma estratégia em ação sem que você possa se conectar com sua equipe, encorajando-os, inspirando-os e ouvindo suas preocupações.

Dito isso, nem todos os líderes são bons líderes e isso se dá, muitas vezes, exatamente quando suas habilidades de comunicação são precárias. Continuar lendo

Entenda como a comunicação empática pode modernizar a gestão de RH

A qualidade da relação entre as pessoas e, em particular, do gestor e sua equipe, afeta significativamente o desempenho no trabalho. Por esse motivo, uma comunicação empática é apontada como uma excelente forma de estreitar e aperfeiçoar esse relacionamento.

A comunicação empática se baseia na empatia gerada entre os interlocutores, bem como na valorização e respeito do outro – metaforicamente, é “calçar os sapatos do outro”. No contexto organizacional, esse tipo de comunicação tem como princípio a troca e compreensão mútua, na qual líderes e liderados, ou demais interlocutores, se igualam para dialogar, entrar em acordo e, consequentemente, melhorar o trabalho e produtividade por meio de uma comunicação clara e respeitosa. Continuar lendo

Terceirização pós-reforma: uma boa opção como forma de contratação?

Apesar de nova legislação destravar as travas burocráticas, é necessário avaliar bem se a terceirização é a melhor opção para o negócio, defende advogado

A contratação de uma empresa que seleciona, contrata e remunera seus empregados e os coloca à disposição de outra passou a ser regulamentada no Brasil por meio da Lei 6.019/74, que regulamentou o “trabalho temporário”. Continuar lendo

7 hábitos ruins que podem acabar com a sua vida prossional

Vale a pena tentar evitar alguns costumes que podem levar você ao fracasso 

Pode parecer que não, mas alguns hábitos podem atrapalhar sua carreira. Ainda que hábitos bons e ruins possam parecer subjetivos, alguns costumes podem impedir você de crescer como profissional e, consequentemente, de alcançar o sucesso.

Então, vale a pena tentar evitar alguns costumes que podem levar você ao fracasso. O Business Insider  selecionou 7 hábitos ruins você deve cortar da sua rotina. Confira: Continuar lendo

5 estratégias para dar feedback sem desmotivar a equipe

Ações como dar feedbacks constantes e criar um ambiente confortável ajudam nessa missão

Quem já foi ou ainda é chefe sabe que muitas vezes a hora do feedback sobre a performance dos liderados pode ser um momento delicado – principalmente se o desempenho estiver abaixo da expectativa do gestor. Isso porque a maioria dos profissionais não costuma reagir bem a críticas ou sugestões para aprimorar sua atuação na empresa. Continuar lendo

5 passos para conquistar uma empresa com boas práticas de gestão de pessoas

Atualmente, as empresas estão cientes da importância de ter colaboradores motivados e alinhados à sua cultura, reconhecendo que o capital humano é o recurso mais importante de qualquer organização. Sem as pessoas, o conhecimento e a habilidade que elas possuem, nenhuma empresa consegue atingir seus objetivos, sejam eles reconhecimento da marca, penetração no mercado, excelência no atendimento ou lucratividade. Continuar lendo

Como a análise SWOT pode ajudar você a ser mais produtivo?

De acordo com Marcia Vazquez, que é Gestora do Capital Humano e de Operações na Thomas Case & Associados, consultoria com mais de 40 anos de atuação na gestão de carreiras e de RH, ser produtivo no trabalho é muito mais do que simplesmente a capacidade de produzir, de gerar um produto, fruto deste trabalho, associado à técnica e ao capital empregado.

Para ela, a produtividade está, via de regra, ancorada em habilidades intrapessoais e interpessoais que se desenvolvem a partir da primeira infância e tem consequências importantes para o desenvolvimento das nossas tarefas na vida adulta, pois formam a “fundação” sobre a qual nossas ações se desenvolvem. Continuar lendo

Conheça o líder que os RHs querem em 2018

Sete executivos de recursos humanos revelam as competências indispensáveis a quem está à frente de equipes e processos este ano

Obter os melhores resultados dispondo de poucos recursos foi o lema dos executivos no ano passado. Em 2018, essa demanda continua, segundo o estudo C-Suite 2017, da consultoria Blue Management Institute (BMI). Mas as mudanças no cenário político trazidas com as eleições e os consequentes impactos econômicos do evento vão exigir algo mais.
Empresas de diversos setores passam a valorizar uma gestão menos autoritária e centralizadora, que consiga navegar com segurança nesses momentos de incertezas. Saiba como chegar lá com as orientações de sete executivos de RH ouvidos por VOCÊ RH. Continuar lendo

5 tendências de gestão e de RH para 2018

Engana-se quem pensa que a tecnologia deverá ofuscar as atividades humanas no futuro.

Para 2018, as tendências de gestão de pessoas e de Recursos Humanos deverão mesclar investimentos nas equipes e em métricas e algoritmos para operações certeiras. Afinal, segundo Marcelo Scharra, especialista em gestão e estratégia, a tecnologia e inovação já deixaram de ser tendência, pois a sua mera presença já tem ditado o rumo com o qual as empresas atuam no mercado. Continuar lendo

7 plataformas para estudar online e alavancar a carreira

Nos próximos anos, a qualificação em áreas tecnológicas será um dos pré-requisitos básicos para quem deseja conquistar novas oportunidades de trabalho.

De acordo com o relatório divulgado pela consultoria McKinsey em dezembro de 2017, 15 milhões de pessoas vão perder o emprego até 2030, somente no Brasil, devido à evolução da inteligência artificial e da automação.

A mesma pesquisa afirma, no entanto, que um número ainda maior de profissões será criado. Os profissionais capazes de atuar nelas são aqueles que priorizaram a educação e o desenvolvimento de suas habilidades, uma vez que todas essas mudanças que estão acontecendo vão acelerar o mercado de trabalho — podendo ser enxergadas não como risco, mas como oportunidade. Continuar lendo

Emmo Serviços prestigiou colaboradores no final de ano

Seguindo a tradição natalina, realizamos a entrega de presentes aos filhos de colaboradores com filhos ate 10 anos.

Procurando qualidade e economia para a sua empresa? Contrate os serviços da Emmo e conte com profissionais treinados e qualificados, além da redução de custos com funcionários e impostos. Entre em contato agora mesmo. Continuar lendo

Estrutura com muitos chefes perde força nas companhias

Um em cada três postos de trabalho no mundo deve ser substituído por máquinas até 2025, segundo previsões da consultoria Ernst&Young. A mudança no perfil da mão de obra, atrelada à velocidade dos processos e à necessidade de se reinventar constantemente para manter a rentabilidade, desafia os executivos a encontrar formas de dar agilidade e flexibilidade aos negócios. A maioria deles esbarra numa questão muito básica: a configuração da empresa.

Um estudo da consultoria Deloitte divulgado no início de 2017  aponta o redesenho organizacional como a principal preocupação dos executivos de gestão de pessoas globalmente, sendo citado por 92% dos entrevistados como uma tendência “importante” ou “muito importante”. No Brasil, 94% dos líderes de RH consideram o tema uma prioridade. “A velocidade nas respostas é o tom dessa urgência. As companhias precisam se reinventar para ter fluidez”, diz Roberta Yoshida, sócia na área de gestão de capital humano da Deloitte. Continuar lendo