Erros de etiqueta que atrapalham a convivência no trabalho

etiqueta trabalhoConfira quais as regras de etiqueta empresarial que não devem ser quebradas

Algumas regrinhas de etiqueta são essenciais para reduzir conflitos no trabalho e promover a boa convivência no escritório, aspectos fundamentais para quem está em busca de ascensão profissional. Isso acontece porque, apesar de a competência técnica ser importante, as habilidades comportamentais vêm ganhando destaque nas empresas que estão cada vez mais heterogêneas.

Confira então alguns erros de etiqueta que devem ser evitados durante o expediente, de acordo com dois especialistas consultados por Exame.com :

 Atrasos

“Esta é uma das regras que os profissionais brasileiros mais quebram”, diz Ricardo Barbosa, diretor executivo da Innovia Training e Consulting.

O especialista se refere não apenas aos atrasos ligados ao horário de trabalho mas também aqueles ligados a prazos de entrega de projetos e relatórios, por exemplo. “Para os estrangeiros este tipo de atraso é a morte”, diz Barbosa.

Deixar a equipe e o chefe esperando por conta de um atraso em reunião pré-agendada é um deslize que compromete a imagem profissional, lembra Eliane Figueiredo, diretora-presidente da consultoria Projeto RH.

Dica: pontualidade deve ser ponto de honra no ambiente empresarial, segundo Barbosa. Organize-se para cumprir prazos e chegar no horário. Ao atrasar avise o quando antes. “E, se chegar tarde em uma reunião, peça desculpas diga que teve um problema sério, mas não comece a contar todo o drama que resultou no atraso para não desvirtuar o foco da reunião”, recomenda Eliane.

 Roupas chamativas, ousadas ou desalinhadas

“A roupa transmite uma imagem”, diz Eliane. Querer ser o centro das atenções por conta de um visual “matador” é um erro que pode colocar em xeque a sua reputação. Cores chamativas, acessórios enormes, saias justas, decotes generosos, camisas e calças desalinhadas são alguns dos itens que podem pegar mal, mesmo em ambientes mais informais.

Dica: “Quando a empresa não tem dress code, é preciso ter bom senso”, diz Barbosa. Na dúvida, prefira sempre roupas mais discretas.

Postura inadequada

Participar de uma reunião em um ambiente corporativo formal “jogado” na cadeira, com cabeça apoiada sobre as mãos, vai sem dúvida denunciar aos demais participantes a sua falta de vontade de estar ali.

O mesmo vale para uma entrevista de emprego, diz Eliane. “Esta postura displicente revela a falta de interesse”, diz. Ficar com os braços cruzados também pode pegar, segundo Barbosa. “A linguagem não verbal é muito importante”, diz Barbosa.

Dica: Em reuniões procure usar a técnica do espelhamento. “Se a pessoa se aproxima da mesa, você também se aproxima, se ela se afasta você também se afasta”, recomenda Barbosa.

 Comunicação falha

Não tirar os olhos da tela do computador, smartphone ou tablete enquanto as pessoas falam com você pode ser encarado como desrespeito. “Tem gente que em uma reunião fica com o smartphone em baixo da mesa respondendo e-mails”, conta Eliane.

Chegar de mau humor no escritório e não dar bom dia nem para os colegas mais próximos da mesa e passar a manhã de cara fechada também só vai afastar as pessoas de você.

Vociferar palavrões, quando algo não vai bem, pode comprometer todo o clima organizacional. “Agir assim sempre pega mal”, diz Eliane.

Dica: é claro que não é preciso falar com todo mundo ao colocar os pés no escritório. Mas procure dar um bom dia geral, cumprimentar os mais próximos.

Não se esqueça do mais importante, olhe nos olhos das pessoas quando elas falarem com você e seja cordial no trato com os outros. Procure não interromper as pessoas e ao precisar falar com alguém pergunte se a pessoa tem um tempo para ouvi-lo.

 Fofocas 

Ser o expoente da “rádio peão” só depõe contra você. Dar trela a fofocas, fazer comentários maldosos sobre colegas de trabalho vai estigmatizá-lo como o fofoqueiro do escritório. “Tem gente que tem esse hábito e faz muito mal”, diz Eliane.

Dica: Quando o assunto pintar na conversa não dê continuidade. “Tome muito cuidado em relação ao que você diz sobre os outros”, recomenda Barbosa.

 Usar o email do trabalho para fins pessoais

“Já vi casos que pessoas que perderam o emprego por conta disso”, diz Eliane. Compartilhar com colegas – via seu email corporativo – críticas sociais, posições políticas, vídeos engraçados, piadinhas, correntes religiosas é um erro.

Dica: trate apenas de assuntos relacionados ao trabalho quando estiver usando a sua conta de e-mail corporativa. Para todos os outros casos, prefira seu e-mail pessoal.

Um pensamento sobre “Erros de etiqueta que atrapalham a convivência no trabalho

  1. Pingback: Erros de etiqueta que atrapalham a convivência no trabalho | Douglas Santos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s