Quais empresas vão contratar mais em 2016

emprego novoCatho divulga segmentos que mais devem contratar em 2016. Segundo a pesquisa, o ramo de Tecnologia continuará a ser a área mais aquecida no mercado de trabalho

Para comemorar a chegada do Ano Novo, a Catho, site de empregos líder do país, elaborou um ranking com as profissões que mais devem contratar em 2016. Segundo os dados, o ramo de Tecnologia continuará a ser a área mais aquecida no mercado de trabalho.

Na área de Tecnologia, os cargos com maior demanda por profissionais são os de Analista/Técnico de Suporte, Desenvolvedor e Programador. Esse ramo segue em alta devido ao aumento de sites na internet, empresas de tecnologia e startups, que conseguem seguir em contramão ao mercado no quesito desemprego e se mantem em constante crescimento.

O segmento de Saúde também deve continuar em ascensão, pois mesmo com o desaquecimento da economia, muitas famílias evitam fazer cortes na área. O envelhecimento populacional e o acesso ao sistema de saúde privado são alguns dos pontos que favorecem o potencial de geração de vagas no segmento. Os cargos de médico, enfermeiro e auxiliar e técnicos de enfermagem são as profissões que devem contratar mais em 2016.

Apesar da tendência de aumento dos índices de inadimplência, a área Financeira e de Seguros está resistindo à desaceleração da economia. No setor existe uma demanda crescente por profissionais especializados. Um exemplo é o caso dos que atuam com Compliance e que são responsáveis pelo controle e regras de transparência/governança nas companhias.

Já a presença do vendedor é essencial para acelerar novamente os resultados das empresas, razão pela qual boa parte das empresas seguirá contratando bons profissionais nesse segmento. Existe grande procura por profissionais que conseguem trazer receita na área do varejo, por exemplo.

O último setor no ranking da Catho é o Agronegócio. O segmento tem aumentado sua participação total no Produto Interno Bruto (PIB), razão que faz com que novos postos de trabalho continuem a ser gerados. A produção de carnes e de produtos florestais, por exemplo, deve continuar em alta em 2016.

 

Fonte: Administradores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s