Ministério do Trabalho e Emprego cria a Universidade do Trabalhador

profissional contabilidadeCom um repasse de R$ 8,9 milhões, o Ministério do Trabalho e Emprego estabeleceu em Florianópolis, Santa Catarina, o primeiro acordo que permite a criação de uma Universidade do Trabalhador. O MTE realizou a parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e utilizará o mesmo tipo de tecnologia voltado para estudos pela internet.

O foco da ferramenta será direcionado para melhorar a capacitação e qualificação dos trabalhadores brasileiros, com uma plataforma plenamente customizável que consegue atender à maioria das demandas do mercado de trabalho atual.

O repasse de R$ 8,9 milhões será utilizado para que a UFSC possa construir a plataforma da maneira mais adequada e garanta o apoio necessário para o primeiro ano de funcionamento, quando deverão ser qualificados cerca de 150 mil trabalhadores. A expectativa do MTE é de que os primeiros cursos para testes estejam prontos no começo de 2016 e que mais de 12 milhões de usuários possam ser beneficiados em até cinco anos.

O sistema que está sendo desenvolvido pela UFSC se interligará ainda com plataformas virtuais já disponibilizadas pelo MTE, como a RAIS, o CAGED e o Portal Mais Emprego. Com o novo sistema, será possível qualificar o trabalhador em três diferentes modalidades: a distância, semipresencial ou com tutoria, decididas de acordo com o tipo de curso escolhido.

 

Fonte: Profissional & Negócios

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s