Em 2016: a preferência é para os profissionais generalistas

rhhojeHá cinco anos, o profissional de Recursos Humanos vem ocupando um papel mais estratégico dentro das companhias, sendo responsável por fomentar a inspiração dos colaboradores e promover um trabalho de conscientização das lideranças, a fim de dar espaço para que novas ideias sejam ouvidas e discutidas. Dentro deste cenário, o Guia Salarial 2016 da Robert Half mostra que profissional de business partner segue como peça fundamental para traduzir as demandas das linhas de negócios e transformá-las em soluções da área de RH.

De acordo com o estudo, a tendência é que em 2016 grandes empresas deixem de lado a especialização das equipes e busquem profissionais mais generalistas, preferencialmente com experiência prévia em mais de uma área e bom conhecimento das leis trabalhistas. Em tempos de otimização de recursos e foco na produtividade, os executivos de remuneração e benefício também têm sido valorizados, graças à habilidade para estudar cargos, salários e necessidade de reestruturação, além de pacotes para atração e retenção de talentos.

A palavra de ordem no RH é eficiência e esses executivos vão identificar oportunidades de redução de custos para a organização“, diz Mariana Horno, gerente sênior da Robert Half. Já os profissionais de atividades ligadas a programas de treinamento e desenvolvimento devem se sentir impactados pela cautela das empresas com relação a investimentos.

Quanto à remuneração na área de Recursos Humanos, a maior valorização apontada pelo Guia Salarial da Robert Half é para o cargo de Diretor em empresas de grande porte. A previsão é de incremento de 10,6% para 2016 e variação entre R$ 20 mil e R$ 32 mil.

Panorama da área de Recursos Humanos

– Oportunidades: tecnologia (internet), energia, serviços e bens de consumo.
– Demanda: business partner, gerente generalista e coordenador generalista.
– Perfil valorizado: inglês fluente, visão de negócio e estabilidade no currículo.
– Maior valorização salarial (de 2015 para 2016) : para o cargo de diretor de Recursos Humanos em empresas de pequeno e médio porte, com previsão de incremento salarial de 10,6% para 2016 e variação entre R$ 20 mil e R$ 32 mil.

Há vagas – Os especialistas da Robert Half ressaltam que sempre vão existir oportunidades no mercado de trabalho. Em cenários positivos as companhias se expandem. Em momentos mais difíceis, as empresas passam por reestruturações. Dessa forma, os profissionais devem focar os esforços em se qualificar para a vaga pretendida, com o objetivo de se destacar entre os candidatos que a almejam. Lembrando que o inglês fluente ainda é uma grande deficiência no mercado.
FONTE: Perspectiva Brasil

Um pensamento sobre “Em 2016: a preferência é para os profissionais generalistas

  1. Pingback: Alckmin nomeia 32 médicos para o resgate estadual - Clínica WMA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s