Conheça as 10 palavras que NÃO podem estar no seu perfil no LinkedIn

perfil lkdinSe você quiser se destacar no mercado de trabalho, você precisa inovar na sua descrição no site

Manter um perfil atualizado no LinkedIn se tornou um ponto positivo durante os processos seletivos para novos funcionários, afinal os entrevistadores querem saber o que você pode oferecer hoje para a empresa e analisar sua experiência no mercado de trabalho.

Algumas pessoas, sabendo disso, inserem em suas páginas expressões que acreditam chamar a atenção dos gestores, como “apaixonado pelo o que faz” e “organizado”. No entanto, segundo um levantamento da própria rede social, estas duas expressões fazem parte das 10 palavras que mais aparecem nos perfis profissionais. Ou seja, utilizá-las pode prejudicar suas chances de contratação, uma vez que você não será capaz de se diferenciar dos demais candidatos.

Portanto, descrever-se como “motivado” – o termo que mais apareceu, no mundo inteiro –, “dedicado” ou “apaixonado” não necessariamente fará com que o entrevistador te veja como uma boa opção para preencher aquela vaga que você tanto quer.

Na verdade, se você quiser transmitir qualquer uma destas noções, a melhor maneira de fazê-lo é usar outras funções do site, mais especificamente as recomendações. Peça para que seus antigos chefes e colegas de trabalho façam comentários sobre a sua postura no escritório, porque, quando outras pessoas a usam para te caracterizar, elas ganham maior credibilidade. Outra maneira de fazê-lo é mostrar seu interesse pela sua área de atuação relatar trabalhos voluntários e projetos que você participou.

Quando sua intenção for evidenciar sua “criatividade”, “responsabilidade” ou sua capacidade de desenvolver “estratégias”, não use o método mais óbvio. Conte exemplos da sua vida profissional em que você foi obrigado a utilizar estas habilidades e exponha dados, como estatísticas, que comprovam o resultado positivo do seu trabalho.

Por fim, não se preocupe em escrever as palavras “extensa experiência”, “bom histórico” ou “expertise” no seu perfil. Em meio a recomendações e relatos de sua carreira, estes termos se tornam dispensáveis. Mas, se você ainda quiser incrementar seu LinkedIn, transforme-o em uma plataforma para você expor seu portfólio. Insira, então, apresentações, artigos e projetos para atestar sua versatilidade durante seus anos trabalhando nesta área.

Portanto, há muitas maneiras de descrever seu perfil profissional em vez de recorrer aos clichês do mercado de trabalho. Use estas dicas para fazer alterações na sua página no LinkedIn e dê mais um passo rumo à contratação.

Fonte: Universia Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s