As Lições do Número 1 do Magazine Luiza

marcelo magazineMarcelo Silva, diretor-superintendente do Magazine Luiza, e homem de confiança de Luiza Helena Trajano, conta o que a prendeu em 30 anos de carreira no varejo

O executivo Marcelo Silva, diretor-superintendente do Magazine Luiza, lançou no mês passado seu segundo livro, O Que a Vida Me Ensinou (Saraiva), no qual conta as lições de mais de 30 anos de carreira no varejo. Marcelo é o homem de confiança de Luiza Helena Trajano, que o trouxe da Casas Pernambucanas, em 2009.

Enquanto ocupou a superintendência da rede Pernambucanas, de agosto de 2002 a fevereiro de 2009, o executivo pernambucano intercalou momentos de agonia e glória. Ao assumir o cargo, em 2002, a Pernambucanas passava pelo pior momento de sua centenária história – encolhera de 1.000 para 238 lojas e dava prejuízo.

A partir de 2003, a reversão dos maus resultados rendeu a Marcelo a confiança da presidente do conselho de administração, Anita Louise Regina Harley. Em 2008, a Pernambucanas faturou 4,2 bilhões de reais – mais que o triplo da receita obtida no ano em que Marcelo assumiu.

No ano seguinte, o executivo foi para o Magazine Luiza. Essas e outras histórias fazem parte do livro O Que a Vida Me Ensinou, que vale a pena por sua rápida leitura e pelas lições de vida de Marcelo, que fez sua carreira no varejo. À seguir, algumas lições narradas por Marcelo:

Liderança

“Liderar exige um conhecimento profundo da cultura dos liderados. O que eles realmente valorizam? O que os motiva? Quais são seus limites? Que linguagem utilizam no ambiente de trabalho? Quais são seus modelos de pensamento?

Ao ser contratado, o indivíduo leva para a empresa todo seu patrimônio cultural. Ali, ele mistura essa carga àquela constituída pelos donos e gestores do negócio. Por vezes, dessa fusão surge empenho e compromisso. Noutras, rebeldia ou indiferença.

Por isso, costumo dizer que a construção de um padrão de liderança tem início já no processo de recrutamento e seleção.”

Desempenho

“A vida me ensinou que os líderes são avaliados basicamente pelos resultados financeiros. O melhor gestor é, nessa visão, aquele que acumula mais lucro em menos tempo.”

Mas há, diz Marcelo, uma relação entre integridade e resultado. “Muitas vezes, o indivíduo na posição de comando releva erros, mentiras e pequenas trapaças de um subordinado que contribui na geração de lucros. Nesses casos, as empresas sabem que estão chocando o ovo da serpente.”

Comunicação

“Creio que o melhor líder se comunica, sempre que possível pelo olho no olho. Quem quer obter sucesso total na comunicação tem de chamar o colega ou colaborador para uma conversa.”

Revitalização da Casas Pernambucanas

“O resgate não teve lances sobrenaturais. Primeiro trabalhei na criação de uma estrutura administrativa mais ágil e eficaz. Em seguida, renovamos o mix de produtos, reformamos os pontos de venda e criamos uma universidade corporativa, para formar melhores funcionários.”

Confiança

“As pessoas costumam retribuir a confiança que é nelas depositada. Um ou outro pode não corresponder, com certeza. Mas a maior parte dos profissionais, nos diversos extratos hierárquicos, devolve empenho e resultados quando recebe atenção e respeito.”

fonte: Você S/A

Sábias lições de um profissional de grande nome no mercado de varejo!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s