Conheça as carreiras que mais crescem diante da pandemia

Foto por Andrea Piacquadio em Pexels.com

A crise da COVID-19 trouxe uma série de preocupações para o mercado de trabalho.

Uma delas diz respeito à carreira, na qual quem está empregado teme perder o seu emprego e quem busca recolocação profissional se vê diante de uma menor demanda de vagas por parte das empresas. Em contrapartida, enquanto alguns nichos de mercado sentem mais a crise, outros têm nela uma oportunidade de crescimento e de maior oferta de oportunidades.

A Catho realizou um levantamento para compreender os cargos com maior abertura de vagas no site durante a pandemia do novo coronavírus. Segundo o estudo, que analisa março de 2019 x março 2020, cargos relacionados às áreas da saúde, supermercadista, farmácia e logística são as que mais apresentaram crescimento desde o início do isolamento social. Algumas profissões como, por exemplo, enfermeiro de UTI, obteve aumento de 718% ano devido ao atual panorama.

Ainda segundo o levantamento, profissões relacionadas a área da saúde chegaram a abrir mais de 3,7 mil vagas em apenas uma única semana no mês de março, enquanto a área supermercadista chegou a mais de 6 mil oportunidades de emprego.

Confira abaixo o ranking completo das áreas que mais cresceram:

O futuro do trabalho

Para o Headhunter, especialista em recolocação executiva e sócio da OPTME RH, Marcelo Arone, toda crise acelera os processos de transformação, seja ela na sociedade, na vida dos indivíduos (pessoal + profissional) ou nos pequenos detalhes do dia a dia: “estamos em pleno processo de transformação no mercado de trabalho. São mais de 50 dias de isolamento social e já podemos observar que as mudanças, ao menos a maioria delas, são definitivas”.

Segundo ele, é preciso começar, isso para quem ainda não se deu conta, a pensar de uma outra forma. “Nós temos muitos exemplos positivos, já, de empresas que se adaptaram rapidamente ao sistema home office, por exemplo, ou que se adequaram para não precisar demitir. Mas a verdade é que tem muita gente esperando que a vida volte ao normal. Um “normal” que já não existe mais”, explica ele.

Marcelo lembra que já estávamos vivendo uma transição, se pensarmos em mudanças de carreira que aconteceram nos últimos tempos: “No caso da mão de obra, temos exemplo muito recentes de profissionais de diferentes indústrias que migraram para áreas de Tecnologia. Engenheiros, Economistas, Administradores que eram disputados por áreas, em teoria, mais “glamourosas”, como bancos, consultorias ou grandes empresas de consumo, trocaram a gravata pelos startups, fintechs e empresas de inovação”.

O especialista lembra que os setores que entraram em “quarentena” junto com as pessoas, mas não são itens de primeira necessidade, acabaram sofrendo uma quebra maior. “Esses mercados certamente vão demorar um pouco mais para voltar, dependendo mais da flexibilização das regras de distanciamento e à diminuição do pânico inicial do consumidor, como serviços de beleza, roupas, acessórios, eletrodomésticos e varejo em geral”, enfatiza.

O maior risco fica por conta dos setores que juntam fatores de risco para uma contaminação direta ou em massa: eventos ou shows com aglomeração, empresas aéreas que levam uma grande quantidade de pessoas em um espaço fechado por algumas ou muitas horas e restaurantes com pouco espaço. “Por mais que as pessoas possam retomar a normalidade de ‘ir e vir’, o instinto de proteção será maior”, lembra o headhunter, que segue: “ainda mais quando você corre o risco de chegar em casa e transmitir para a sua família. Antes que uma vacina ou imunização em massa seja efetivamente liberada, esses segmentos irão esperar um tempo maior de retomada”.

 

A grande questão é: o modo como as empresas estão encarando as mudanças trazidas pela pandemia vão falar muito sobre essa retomada. “Observar esse período como de transição, muito mais do que apenas como um hiato no seu modo antigo de ser pode ser um indício de que há coisas boas vindo no futuro, apesar dos pesares atuais”, finaliza Marcelo.

 

Fonte: RH pra Você

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s