Como ser um bom líder?

Como ser um bom líder? Precipuamente um líder possui várias características herdadas ou desenvolvidas acima da média.

12 fatores essenciais para ser um bom líder

Como ser um bom líder? Precipuamente um líder possui várias características herdadas ou desenvolvidas acima da média. Foi o que ouvimos em uma palestras motivacionais para funcionários que visava inspirar e descobrir novas lideranças em nossa empresa.

Sobretudo, para ser um bom líder é preciso amar o que se faz, entender de pessoas, tomar decisões assertivas, ter visão e saber como extrair o melhor dos seus liderados.

É possível aprender ser líder e desenvolver essas características é muitas outras, como a capacidade de persuadir e dar segurança a sua equipe.

Ademais essencial preparar novos talentos e dar garantias que sua empresa sempre terá líderes habilidosos, fortes e preparados para lidar as crises e desafios do mundo corporativo.

Para isso é necessário ter uma visão descomplicada, anseio por aprender e inovar processos. Este é o papel de uma forte liderança para quem quer manter os seus negócios nos trilhos rumo ao sucesso.

A Thomas International é uma empresa global que analisa perfis comportamentais dos líderes de diversas empresas e são uma fonte para fornecer uma visão clara do comportamento das pessoas no trabalho.

Sobretudo, a metodologia gira em torno da obtenção de informações de pesquisas internas feitas com os profissionais de diversos segmentos. E descobrir com estas avaliações psicométricas e de aptidão como melhorar e desenvolver as capacidades dos líderes.

Certamente um bom líder se descobre fazendo questionamentos, respondendo a perguntas como: quais são seus pontos fortes e as limitações da sua empresa?

Como funciona a comunicação entre seus funcionários? Seis colaboradores são trainee? Contudo, seu time é composto de líderes habilidosos em suas funções? E que motiva seus profissionais? Como eles se comportam sob pressão?

Abaixo estão os 12 principais fatores para você ser se tornar um bom líder e saiba o que é ser líder hoje.

1. Ame o que você faz?

Um grande líder poder ser tecnicamente capaz, habilidoso em solver questões, mas se não tiver amor ao que se faz e para quem se faz o trabalho em algum momento perderá o sentido.

Steve jobs dizia ““A única forma de se fazer um ótimo trabalho é amar o que você faz. Se você ainda não encontrou o que é, não sossegue”.

Portanto, isso não significa que você não possa aprender a gostar daquilo que hoje não lhe agrada.

Segundo Carol S. Dweck, professora de psicologia da Universidade de Stanford e autora do livro Código Mental: Por Que Algumas Pessoas Fazem Sucesso e Outras Não.

A professora define: aqueles que só querem fazer o que gostam são pessoas de código mental fixo. Eles não são adaptáveis, não transigem ou não enxergam oportunidades inesperadas.

Em outras palavras, todos podem aprender a gostar do que faz e não só fazer o que ama, afirma Carol.

2. Inteligência emocional

Primordialmente, inteligência emocional não é apenas a capacidade de controlar suas emoções mas de entendê-las e encontrar rotas para as melhores decisões.

Primordialmente, o controle emocional é fundamental no mundo corporativo, e tem como função despertar a empatia e desenvolver a capacidade de lidar com os próprios sentimentos, adaptando-os à cada situação.

Possuir controle emocional é essencial para os bons líderes, pois vão lidar no dia a dia com circunstâncias delicadas, ofertar feedbacks, serem produtivos, e tomar decisões sob pressão sem perder o foco.

Independente do seu perfil de líder e o seu estilo de liderança é essencial incluir o desenvolvimento das emoções.

3. Desenvolva as habilidades de liderança

Grandes líderes devem entender suas virtudes e limites, e perseguir constantemente o aprimoramento de suas habilidades. A frase hoje melhor que ontem, cabe muito bem na didática deste assunto.

Acima de tudo a participação em palestras motivacionais para empresa, cursos e workshops há de motivar e potencializar suas características positivas e melhorar as habilidades de:

  • Gestão de conflitos
  • Desenvolvimento da criatividade
  • Comunicação interpessoal
  • Desenvolvimento de inovação

Quando o assunto é finanças é essencial ter profissionais qualificados na administração da contabilidade, mas contratar uma contabilidade pode ser uma saída.

Sobretudo, seguir essas melhorias contínuas faz com que as decisões sejam mais assertivas e você se torne um líder eficaz.

4. Autoconhecimento

Autoconsciência e autoconhecimento nada mais é do que o conhecimento de si mesmo. É comum transmitirmos uma imagem, mas mais do que isso é preciso saber porquê agimos do modo que agimos e pensamos da forma que pensamos.

Além disso, um bom líder é aquele que faz uso do conhecimento das 16 tipos de personalidades, essa informação pode ser um dos caminhos do autoconhecimento, veja qual personalidade você se identifica:

  • Arquiteto
  • Lógico
  • Comandante
  • Inovador
  • Advogado
  • Mediador
  • Protagonista
  • Ativista
  • Logístico
  • Defensor
  • Executivo
  • Cônsul
  • Virtuoso
  • Aventureiro
  • Empreendedor
  • Animador

O autoconhecimento é fundamental para desenvolver diversos setores da vida corporativa e pessoal, detectar pontos fracos e fortes e ser emocionalmente equilibrado para tomar melhores decisões.

5. Seja o exemplo

Moldamos as pessoas não com palavras mas com ações, desde de nossa infância somos frutos do que vimos e vivemos, aprendemos mais com exemplos práticos do que com palavras.

É essencial que o bom líder desenvolva através de atitudes exemplares positivas o modelo que ele espera ver refletido em sua equipe. Muitas vezes ao estudar a anatomia da corrupção percebemos que ela é parte do mal exemplo dos líderes que estão no topo da cadeia.

O líder tem a capacidade de influenciar diretamente seus seguidores, que o assistem em cada ação. Por esta razão é preciso reafirmar que ser líder é mais do que ter status e ser um bom exemplo em todos os aspectos, e em especial na empresa. Abaixo escolhemos 5 bons líderes para você se inspirar.

  • Luiza Helena Trajano
  • Abílio Diniz
  • Jorge Paulo lemann
  • Jorge Gerdau
  • Antônio Ermírio de Moraes

A tendência do grupo é copiar e seguir as ações do líder, se ela se demonstra ser trabalhador incansável, dedicado e justo, dificilmente os seus funcionários terão do que o acusar. Estas características cabem para você que se questiona, como ser um bom líder na igreja? Que na escola se questiona, como ser um bom líder de sala? Que é pai ou mãe e as vezes pergunta como ser um bom líder em minha casa? Como ser um bom encarregado de limpeza? Como ser um bom vice líder?

O trato através da comunicação revelará esta os pensamentos, ser um bom modelo para os seus funcionários é vital para a saúde da empresa e de seus colaboradores. A melhor forma de liderar neste caso não apenas com palavras mas com atitudes positivas.

6. Competência

O que é competência? Competência é a eficaz administração, por parte de um indivíduo ou instituição, das informações e domínio prático para realizar uma determinada atividade ou alcançar uma meta.

A competência é item fundamental no desenvolvimento de diversas atividades das relações humanas, é item imprescindível para um bom líder.

A professora Ana Fraga, afirma, “o sucesso é um grande triângulo, tendo como vértices o caráter, a competência e o esforço”.

Ser um bom líder é ser eficaz é preciso estar à frente das tendências e colocar a equipe em posição confortável, com informações, tecnologia e apoio no cumprimento das metas.

Não se trata de adivinhar o futuro, mas estar atento ao que acontece em seu segmento, ouvir podcast, buscar informações de fora do circuito nacional, revistas, canais de informações são fundamentais para estar a frente.

Não se trata de ser um expert em tudo, mas de entender cenários e antever situações para saber como se posicionar em meios as crises e oportunidades que pode ter.

7. Delegue

Não tenha receio de delegar o líder distribui tarefas e não se sobrecarrega, trata-se de uma habilidade do bom líder e do gerente diferenciado que confia em sua equipe.

Muitos cometem o erro de manter o controle total e a empresa acaba não atingindo as metas por estar sobrecarregado.

Não tenha medo de perguntar e pedir conselhos para que esta no “chão da fábrica” dominar a informação é importante, mas obter conhecimento é fundamental.

O desempenho do colaborador que percebe a confiança do líder tende a dar o seu melhor, mas se percebe insegurança dificilmente desempenha seu melhor. Antes de delegar é claro que o líder deve saber o que está delegando à sua equipe, é vital que você entenda os processos da tarefa se espera resultado satisfatório.

É comum a equipe fazer perguntas sobre o que está sendo delegado,tenha todas as respostas e esteja pronto para dar suporte se necessário.

A delegação de tarefas é uma forma de descobrir novos talentos e competências de algum membro da equipe. Sua equipe confiará em você para trazer rapidamente informações decisórias e o manterá informado isso diminui a possibilidade de erros e falhas na comunicação.

Transmita informações à sua equipe comercial, e troque ideias constantemente a

comunicação confiável entre líder e liderado é vital para a saúde do negócio.

8. Psicologia positiva

A psicologia positiva é uma abordagem recente da área da psicologia trata-se de uma teoria que visa servir como auxílio no tratamento de patologias ou transtorno mental no indivíduo.

Para a psicologia positiva, foca a sua atenção não apenas no aspecto disfuncional dos seres, mas no que o indivíduo possui de saudável e suas capacidades. No início dos anos 2000, algo inovador aconteceu nas ciências sociais: os cientistas descobriram uma linguagem que denominaram de os 24 caracteres que compõem o que há de melhor em nossa personalidade.

A partir daí a psicologia positiva usa um sistema de classificação de qualidades conhecido como VIA Classification of Strenghts desenvolvido por Peterson e Seligman.

O estudo de Peterson e Seligman identificou que todos os seres humanos possuem 24 características positivas que podem ser fortalecidas. Veja a lista completa dos pontos fortes dos personagens aqui e saiba mais sobre cada um.

24 características positivas

Trata-se de uma ferramenta poderosa que se associada a um ambiente que favoreça ações positivas pode impulsionar a criação de uma força de trabalho engajada e produtiva. O líder que demonstra entusiasmo e confiança, o colaborador entenderá e o impacto positivo será sentido na empresa, em casa e até fora do escritório, pois ocorre uma mudança de atitude.

A sugestão é evitar a negatividade, isto não significa que você não estará vendo o que ocorre de mal, mas o que muda é a leitura das dissonâncias.

Quanto mais positivo o líder é mais impacto isso tratá sobre a equipe e evitará conflitos, excesso de competição destrutiva, maior será a empatia tornando o ambiente de trabalho próximo ao ideal e assim a probabilidade de bons resultados é quase certa.

9. Comunicação Eficaz

O ponto forte de qualquer organização é a comunicação, porém este é um dos maiores desafios dos líderes em geral.

Comunicar-se de modo eficaz sem ruídos é muito mais do que falar e fazer-se entender e ter o feedback esperado as metas atingidas.

Ruídos entenda falar em momentos impróprios, em situações adversas, linguagem inadequada ou até mesmo um exposição inadequada ou exagerada.

Tudo isso pode ser Gaps que se interpõem entre o mensageiro e quem recebe a informação. Para resolver esta questão separamos 5 dicas para melhorar as comunicação.

  • Seja um bom ouvinte
  • Melhore a Dicção
  • Aprenda evidenciar fatos
  • Gere bons relacionamentos
  • Coopere

Grandes líderes têm a capacidade de se comunicar bem e são em sua maioria grandes comunicadores. A fase da transmissão de uma mensagem ou notificação da equipe tanto de pontos fortes como de melhorias é fundamental.

Esse tipo de informações afeta o desempenho, por elogie, mas saiba motivar com as palavras certas, isso gera valor e credibilidade e faz com que as tarefas sem concluídas. O bom líder investe em comunicação eficaz.

10. Assuma seus erros

É comum do ser humano culpar ao outro para se eximir da responsabilidade, mas isto não se acha em um bom líder. Ele é pronto a assumir suas falhas e manter a posição de confiança dos seus seguidores.

Busque mentoria para obter o máximo de informações, mas reconhecer seus erros é preciso, antes da tomada de decisão obtenha o máximo de informações, elas minimizam os erros. Existe um provérbio que diz: na multidão de conselheiros está a vitória.

Quando as coisas derem errado é preciso tomar decisões assertivas e corrigir as rotas, então ao rever o processo não tenha medo de assumir as suas faltas o bom líder quando erra reconhece e corrige.

O erro de um líder é uma oportunidade de se mostrar humano e apontar para seus seguidores como age um líder de verdade. Wesley Alves.

11. Não tenha medo de tomar decisões

O erro é parte do processo de aprendizagem, Thomas concluiu a invenção da lâmpada elétrica, depois de realizar 1.200 tentativas.

O líder não pode temer tomar decisões e ser ousado nesta hora, por isso explorar a tecnologia, inovar processos, ter boas relações internas e externas facilitará nas tomadas de decisão.

E mais do que isso as tornaram mais assertivas, faça uso das ferramentas que são como gerador de soluções, você estará em posição privilegiada ao assumir responsabilidades decisórias.

Bons líderes permitem que sua equipe tenha a liberdade de fazer cobranças entre si. Isso não significa perda de controle mas divisão das responsabilidades.

Concentre sempre os nos resultados do grupo, agindo assim não ficará só quando as coisas derem errado, esta é a função do time, todos jogam juntos pela vitória.

12. Criatividade e Inovação

Líder é uma arte, e todos que buscam dominar esta arte precisam contar com um leque vasto de características, e entre elas estão a criatividade e a capacidade de inovar.

Empresas que promovem criatividade e inovação vão sobreviver e sair mais fortes das crises.

O bom líder faz o funcionário desenvolver a criatividade e aplicá-la em sua rotina, em modo automático, lideres criativos são um incentivo aos funcionários. Pessoas criativas têm ideias inovadoras e todos saem ganhando com isso, a empresa por se destacar e o funcionário por se sentir valorizado.

Falar de inovação e processos em uma palestra motivacional para colaboradores é uma oportunidade de entendermos melhor a artérias da empresa.

E entender os processos e o que pode ser melhorado com tecnologia e inovação é preciso, pois é inovação diminui custos e aumenta resultados e potencializa os lucros.

Resumo: tome nota, estes são os 12 fatores essenciais para ser um bom líder:

  • Ame o que você faz?
  • Inteligência emocional
  • Desenvolva as habilidades de liderança
  • Autoconhecimento
  • Seja o exemplo
  • Competência
  • Delegue
  • Psicologia positiva
  • Comunicação Eficaz
  • Assuma seus erros
  • Não tenha medo de tomar decisões
  • Criatividade e Inovação

Artigo produzido por Wesley Alves palestrante para líderes https://palestraparaprofessores.com.br/palestras-motivacionais-para-funcionarios

Fonte: Administradores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s