People Analytics: Mudando a forma de gerir pessoas nas empresas

A metodologia de coleta e análise de dados, People Analytics, impacta diretamente nas formas de liderança e na produtividade. Entenda.

A transformação digital vem provocando cada vez mais mudanças no mercado de trabalho e redefinindo os padrões de gestão de pessoas. Por meio do uso de ferramentas e metodologias avançadas de análise de dados, a área de recursos humanos das companhias tem encontrado novos caminhos para maximizar a eficiência e a produtividade dos indivíduos e das equipes.

Hoje, é imenso o volume de dados sobre os colaboradores no trabalho. Essas informações se apresentam de diversas maneiras, tanto digitais quanto físicas, e vão desde registros de e-mails, históricos de navegação na internet e mensagens instantâneas até dados básicos sobre faltas, folgas, remuneração e assim por diante.

O grande desafio do RH diante deste cenário é entender como organizar as informações e quais caminhos seguir diante delas. É aí que entra o People Analytics.

Mas, afinal, o que significa People Analytics?

É muito importante reforçar que o People Analytics não é uma ferramenta, mas sim a aplicação de uma metodologia que implica na coleta, organização e análise de dados sobre pessoas. O conceito, que tem ganhado cada vez mais a atenção dos profissionais da área de recursos humanos, nasceu com o objetivo de melhorar a qualidade da tomada de decisão sobre a gestão de RH – antecipando tendências e aprimorando estratégias.

Tipos de Analytics

Quatro níveis de Analytics são propostos por um estudo realizado pela consultoria Gartner:

DescriptiveAnalytics – Nível em que os dados ajudam a compreender o que houve em um determinado período do passado. Este tipo de Analytics já é bastante utilizado pelas empresas, por meio de ferramentas de Business Intelligence (BI).

DiagnosticAnalytics – Neste nível, a análise de dados permite a identificação das causas de um problema, por meio de técnicas avançadas de extração de informações e estatísticas.

PredictiveAnalytics – No terceiro nível, as informações extraídas de dados históricos são combinadas às técnicas avançadas de estatística e inteligência artificial, ajudando a prever futuros cenários.

PrescriptiveAnalytics – O último nível de Analytics, considerado o mais avançado, ajuda a identificar o que pode ser feito para resolver um problema, minimizando possíveis efeitos negativos.

Você deve estar se perguntando: como o People Analytics funciona na prática?

As possibilidades de uso do People Analytics são diversas. A maioria das empresas no Brasil e no mundo tem utilizado este conceito para identificar talentos, porém, essa metodologia vai muito além do uso de algoritmos para uma seleção de candidatos. Aqui aproveito para listar alguns exemplos práticos de aplicação para que você entenda o potencial da metodologia.

CLIMA ORGANIZACIONAL

Baseado no monitoramento de palavras-chave, comentários dos funcionários em redes sociais e envio de pulsos para os colaboradores, é possível avaliar o clima organizacional, entender o comportamento dos colaboradores e sua visão sobre a empresa baseada em base em dados.

REMUNERAÇÃO

Como decidir quem merece uma promoção? Como retirar a subjetividade deste processo? O uso de People Analytics nos processos de remuneração cruzando os indicadores de gestão de pessoas e apontando quem merece os reajustes, ajuda a retirar esta subjetividade e a dar mais produtividade no processo.

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO

Por meio do cruzamento de dados relacionados a desempenho, perfil, promoções e feedbacks, as empresas conseguem identificar os colaboradores com maior potencial para liderança.

E depois de aplicado, quais as vantagens trazidas pelo People Analytics?

PRODUTIVIDADE

Apesar de ser possível a aplicação de People Analytics sem o uso intenso da tecnologia, é com a aplicação de tecnologia que obtemos significativo aumento de produtividade para impulsionar os negócios.

As tecnologias hoje disponíveis permitem analisar e cruzar as grandes quantidades de dados armazenadas e coletar insights, o que anteriormente era algo inimaginável.

LEGITIMIDADE

Ao implantar a metodologia de análise de dados do comportamento humano, as empresas garantem legitimidade

Mudar a mentalidade da equipe e apresentar a importância e os benefícios das tomadas de decisões baseadas em dados concretos é exercício diário e, em pouco tempo, os retornos e as mudanças serão sentidas por todos da companhia. Experimente! Aprofunde-se e transforme sua gestão por meio dos dados.

Reunir e analisar dados implementando o People Analytics na rotina da empresa tornando a gestão mais prática e objetiva é um grande desafio, principalmente para os profissionais da área de RH. No entanto, a prática é inadiável e perfeitamente possível com a ajuda da tecnologia. Conheça outros benefícios da transformação digital na gestão de pessoas e entenda como a tecnologia está revolucionando os processos neste setor.

Por Ricardo Kremer, gerente de Produto HCM da Senior

Fonte: Profissional & Negócios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s