Como responder à pergunta mais importante de uma entrevista de emprego

Dicas para responder a um questionamento que nem sempre é feito de forma explícita

É a pergunta que está por trás de toda decisão do seu possível empregador, seja durante a fase de análise de currículo, ou a fase de entrevistas: “Por que nós deveríamos contratar você?”. Segundo o autor David Jensen, raramente essa pergunta é feita de forma direta e clara, mas os candidatos precisam sempre mantê-la em mente, e se preparar para respondê-la fortalecendo o currículo para além das experiências e conhecimentos técnicos.

“É claro que você precisa desenvolver habilidades técnicas que farão de você um bom candidato. Isso é o básico. Além disso, há uma série de habilidades que você deveria levar em conta para saber responder à tal pergunta”, afirma Jensen em um artigo publicado no Science. Ele se refere às “soft skills”, competências que estão mais ligadas aos perfis pessoais dos candidatos e não são necessariamente mensuráveis.

Para Jensen, para mostrar a um potencial empregador que você é uma boa escolha, é ideal que você tenha três “soft skills” essenciais: habilidades de comunicação, de escrita e de negociação.

– Comunicação

Para melhorar suas habilidades de comunicação, Jensen recomenda que você seja mais sociável, e que se insira em atividades em grupo, para que possa praticar apresentações, discursos e como envolver um público, por menor que ele seja. “Trate toda oportunidade de falar com um grupo como uma experiência valiosa. Não jogue slides em uma apresentação sem refletir sobre quais são os seus argumentos e como você irá expressá-los, por exemplo”, aconselha.

– Escrita

Trabalhar a habilidade de escrita é essencial porque, segundo o autor, até mesmo as pessoas que se comunicam muito bem pessoalmente podem encontrar dificuldades quando precisam expressar argumentos e explicações no papel. O ideal é que você pratique a escrita e peça a revisão de colegas, para escutar feedback e tentar evoluir. Para um treinamento mais formal, aulas de gramática e escrita podem ser valiosas.

– Negociação

Estudantes e pós-graduados geralmente negligenciam essa categoria, afirma o autor. Mas com prática, é possível aprender mais sobre a arte de negociar, que será útil não só em uma oferta de emprego, mas também em situações em que você precisa argumentar com algum superior ou colega, por exemplo. Na verdade, é uma habilidade que pode ser usada diariamente para trazer resultados positivos para sua carreira.

Evidencie o seu valor

Desenvolver essas habilidades é um passo crucial em direção à sua contratação, mas ainda é preciso realmente explicar porque você deve ser contratado, mesmo que não ocorra uma pergunta explícita. Por isso, Jensen aconselha que você explique, com todas as letras, porque tem o perfil ideal para a vaga e a empresa, mesmo que em um parágrafo rápido dentro do currículo ou por email.

Mas o autor lembra que, além de elencar suas habilidades, é preciso explicar o que você é capaz de realizar com elas. “É por isso que é importante desenvolver um breve resumo que cause impacto para incluir no topo do seu currículo. Vale a pena gastar um tempo para fazer isso do jeito certo e para customizar a descrição de acordo com o trabalho que você quer”, recomenda Jensen. Mais do que em qualquer outra situação, é nessas poucas linhas que você pode impressionar o empregador e garantir a sua contratação.

Fonte – Administradores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s