10 passos para ser um Líder de sucesso

lider coachTodos nós temos potencial para ser um líder eficaz, mas, logicamente, algumas características e comportamentos podem favorecer o aprendizado da liderança.

Se considerarmos que liderar é exercer influência, logo percebemos que se trata de uma habilidade tão importante para o sucesso profissional quanto pessoal e, portanto, imprescindível para aqueles que desejam ocupar posições de destaque.

Por muitos anos atuei na formação e no desenvolvimento de líderes em grandes organizações, bem como fui gestora de equipes numerosas em grandes organizações. Com base nessa experiência, destaco 10 características essenciais – que não estão dispostas em ordem de importância ou de prioridade – para ter êxito na posição de influenciador.

  1. Inspire confiança – Ser íntegro e liderar pelo exemplo, com coerência entre discurso e atitude, independente do cargo ocupado, é um importante passo aos que desejam se tornar referência.

2. Esteja aberto à trocas – Invista parte do seu tempo conversando com as pessoas. Peça opinião, troque ideias e dê espaço para que seus interlocutores exponha seus pontos de vista sobre os processos. É muito importante ter atenção à qualidade da comunicação, já que, segundo estudos, apenas 7% das pessoas são influenciadas simplesmente de maneira verbal. As demais estão atentas aos sinais não verbais (54% dos entrevistados) e à musicalidade da voz (33%).

3. Saiba ouvir – Mostrar-se disponível a ouvir e tentar entender verdadeiramente os interesses e necessidades do outro é uma excelente estratégia para estabelecer empatia com as pessoas. Muitas vezes, divergências de opiniões podem render trocas ricas.

4. Compreenda a incompreensão – Cada pessoa possui um mapa mental, que tem como base suas experiências. Todos captam as informações do meio externo da mesma maneira, porém é individual o processo de filtragem mental, que fazem as generalizações, eliminações e interpretações dos fatos. Nesse contexto, um dos piores erros da liderança é esperar que todos a sua volta tenham a exata compreensão do que está sendo transmitido.

5. Perceba os pares como seres individuais – As pessoas são diferentes, seja no aspecto físico, emocional ou intelectual. Um bom líder procura entender que essa pluralidade tende a ser benéfica para a companhia e, por essa razão, está disposto a ser flexível para orientar a equipe de acordo com o estilo de cada membro. Procure respeitar o jeito de ser de cada um, valorizando os pontos fortes e se colocando à disposição para dar suporte nos pontos de melhoria.

6. Reconheça – Tende a ser engajada e motivada a equipe que sentir ser reconhecida por sua dedicação, esforço e resultados. Todo ser humano, aliás, deseja o reconhecimento como forma de perceber sua capacidade de realização e potencial. Reconhecer não é somente dar prêmios, bônus ou aumento de salário, mas, sobretudo, dizer que gostou do trabalho “X”, da postura “Y” em uma apresentação, além de dar visibilidade a essas pessoas estimulando que elas propaguem os próprios resultados em reuniões, por exemplo. Pontuar o elogio é uma estratégia para não banalizá-lo.

7. Desenvolva pessoas – Delegar é um excelente caminho para que o líder desenvolva a equipe, enquanto cria espaço na própria agenda para atividades mais estratégicas e de aprimoramento profissional. Colocando-se na posição de facilitador, de maneira gradativa, permita que os membros da equipe tomem decisões que tenham relação direta com o próprio trabalho. Em geral, as pessoas gostam de desafios, aprendem com eles e têm capacidade para criar novos métodos de trabalho e serem melhores. Quem sabe nesse processo você descobre um novo talento?

8. Estabeleça metas – Como disse Lúcio Aneu Séneca, escritor e intelectual do império romano, “se um homem não sabe a que porto se dirige, nenhum vento lhe será favorável”. Ou seja, a meta é uma maneira objetiva de mostrar às pessoas o foco, o objetivo e o que se pretende com cada ação.

9. Faça a gestão da área – Líder que não sabe extrair o melhor de cada membro da equipe, analisar indicadores, avaliar o que realmente está impactando nos resultados, identificar a questão que deve ser solucionada ou o processo que precisa ser aprimorado ou substituído, não esta fazendo a gestão adequada da área. Logo, os resultados estão comprometidos.

10. Celebre – Crie o hábito de comemorar cada ação que deu certo. Isto cria um estado mental de positividade, possibilidade, gratidão, reconhecimento e sucesso. Todos esses fatores juntos tendem a motivar a equipe e dar ânimo para avanços em projetos ou desafios maiores.

Em resumo, o bom líder é aquele que consegue se ausentar da empresa sem causar impactos negativos na rotina dos negócios, porque conta com um time de parceiros de trabalho!

*por Meg Chiaramelli, consultora da Integração Escola de Negócios

bloggif_580e021844191

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s