A importância do RH: do recrutamento ao desligamento

HR-BPNão há muito tempo, entendia-se que a importância do recursos humanos era pura e simplesmente burocrática, preenchendo papéis de contratação e demissão, bem como calculando a folha de pagamento, de encargos e de benefícios.

Tudo corria dessa maneira, até que as empresas se depararam com os desafios associados a escassez de mão de obra qualificada, com a dificuldade em manutenção de equipes e, principalmente, com a criação e a preparação de times aptos para os novos cenários, adaptados e engajados com a cultura corporativa.

A ascensão dos recursos humanos

A importância do RH tem aumentado significativamente. Hoje em dia, discute-se nos meios técnicos o chamado RH estratégico, no qual as empresas buscam afastar as pendências burocráticas do setor, e o conferem um lugar a mesa na tomada de decisões. Grandes empresas hoje consideram o RH como elemento fundamental da estratégia corporativa, pois o enxergam como um meio de alinhar as expectativas da direção e os funcionários.

Além disso, a importância do RH nos dias modernos está diretamente associada à capacidade de desenvolver equipes, criar estratégias de retenção de talentos e, em algumas empresas, inclusive criar programas de turn over forçado, buscando selecionar dentre o corpo de funcionários apenas os melhores.

A evolução do setor de recursos humanos passa por algumas abordagens interessantes. Se antigamente a importância do RH era somente associada à papelada — visto que o recrutamento de mão de obra especializada acabava sendo feito pela própria diretoria interessada —, hoje existem grandes processos de trainees conduzidos pelo setor de recursos humanos, com diversas etapas e avaliações buscando identificar, em meio a milhares de profissionais, aqueles que poderão realmente fazer a diferença para a empresa.

Os recursos humanos e o desligamento dos colaboradores

A frase clichê “passe no RH” refletia a realidade da época em que o setor de RH não tinha poder algum de decisão, nem sobre aquilo que seria a sua própria tarefa. Já nos dias atuais, as empresas têm reconhecido que a importância do RH é muito maior do que somente uma formalização burocrática.

Ao RH cabe hoje a avaliação da equipe com fins de verificar as vantagens competitivas da empresa, entender quais são as capacidades atuais, o que deve ser feito e, principalmente, como deve ser feito para que a empresa consiga atingir todos os marcos do seu planejamento estratégico.

Na era da informação, os profissionais ganharam mais relevância frente as máquinas. A capacidade criativa e inovativa dos sujeitos é hoje um grande diferencial competitivo para as organizações e, por isso, cada vez mais é preciso que o RH vá além do simples recrutamento e desligamento. É importante pensar na adoção de práticas do RH estratégico.

 

Fonte: Carreira & Sucesso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s