Creche e horário flexível são os benefícios mais desejados por mães que trabalham

crecheEspecialistas afirmam que, entre os benefícios oferecidos pelas empresas, creche e horário flexível são os mais desejados por mães. Palestras e orientações sobre planejamento financeiro, aleitamento materno e saúde também agradam às trabalhadoras que têm filhos.

“As mães querem ser vistas como trabalhadoras competentes, persistentes, dedicadas, mas com espaço para exercer sua função de mães”, Eline Kullock, presidente do Grupo Foco, uma consultoria em RH.

Pela lei, as empresas que têm pelo menos 30 mulheres com mais de 16 anos precisam ter um local apropriado para os filhos das empregadas. Caso ela não tenha esse espaço, pode firmar convênios ou cobrir as despesas através do auxílio-creche.

Desse modo, destacam-se as companhias que oferecem creche no local de trabalho das mães. “Quando a criança cresce, toda possibilidade de convênio entre escolas e a companhia é positiva. É o que chamamos de benefício sem custo, porque a empresa tem mais poder de barganha para negociar descontos com as instituições de ensino”, afirma Luiz Edmundo Rosa, diretor de Educação da ABRH (Associação Brasileira de Recursos Humanos).

Quantos aos horários flexíveis, o benefício vale tanto para pais quanto para mães e é especialmente importante quando os filhos estão em idade escolar. “A escola não muda seu calendário: há reuniões em que a mãe (ou o pai) não deve faltar. Saber que a empresa entende as necessidades da vida de mãe é tudo o que uma funcionária deseja. Ela deve cumprir a carga horária, mas com flexibilidade que a permita acompanhar melhor a vida de seus filhos”, diz Eline.

Para o especialista da ABRH, a flexibilização nesses casos é tão importante quantos compromissos médicos. “Normalmente as empresas permitem que os pais saiam para ir ao médico, mas eventos como a festa da escola ou a apresentação de um trabalho são tão importantes quanto ir a uma consulta”, afirma.

Algumas empresas adotam ainda o home office, que permite à mulher uma melhor distribuição do tempo entre os filhos e o trabalho. Nesses casos, é importante que a funcionária tenha com quem deixar os filhos para estar disponível e concentrada nas questões do cargo.

Outros atrativos

A consultora do Grupo Foco destaca que medidas simples, como permitir que as mães coloquem fotos e desenhos dos filhos na mesa de trabalho servem de estímulo para essas funcionárias. Palestras de orientação sobre planejamento familiar, aleitamento materno e como prevenir doenças também são valorizadas pelas mães que trabalham.

Há ainda uma boa parcela de trabalhadoras responsáveis pelo planejamento financeiro da família e, para elas, orientações sobre como gerenciar o dinheiro após o nascimento dos filhos é especialmente interessante.

Os especialistas também destacam iniciativas como programas de vacinação e de qualidade de vida – com atividades de lazer e estímulos a prática de exercícios físicos -, assim como manutenção de bibliotecas infantis e feirinhas de doação de roupas de bebês.

“A maternidade é vista como a hora da verdade, é o momento em que os valores da empresa são questionados e, se a prática não for coerente com o respeito à maternidade, a repercussão será muito negativa”, concluiu Rosa.

Fonte: Uol Empregos

Um feliz dia das mães a todas as trabalhadoras do Brasil!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s