Os 4 pilares da seleção de pessoal na pandemia (agilidade, autenticidade, habilidades, treinamento)

pexels-photo-3637843.jpeg

Foto por Cleyder Duque em Pexels.com

A procura de emprego mudou radicalmente desde o início da pandemia. A seleção de pessoal no novo normal é bastante diferente do que era feito antes do confinamento no outono de 2020. Apresentamos os principais pontos sobre como as empresas de recursos humanos procuram talentos atualmente.

GIF Sertec_JackelyneB_300x300Buscar e encontrar emprego no novo normal é possível se você conhece bem os pilares que sustentam os departamentos de recursos humanos e recrutadores. Como aconteceu com todos nós, eles também tiveram que se adaptar às novas condições e metodologias para encontrar os profissionais mais qualificados.

Assim como os candidatos, as empresas de recrutamento passaram por um processo de adaptação e aprendizado em ritmo forçado, e hoje contemplam 4 pilares fundamentais para a seleção de pessoal, então se quiser encontrar trabalho no novo normal, tome nota.

Como os recursos humanos mudaram no novo normal?

Todos nós tivemos que nos adaptar a uma situação completamente nova. Por meses, teletrabalho tornou-se obrigatório para que as empresas pudessem continuar a sua atividade da melhor forma possível.

Da mesma forma, os recrutadores tiveram que começar a fazer entrevistas remotas e adaptar seus métodos e técnicas. Graças à pandemia, foram reveladas algumas fragilidades destas empresas de seleção de pessoal, bem como alguns indícios da falta de preparação que tiveram de ultrapassar. Conhecer as mudanças o ajudará a fazer o melhor uso de sua oportunidade.

Vejamos os 4 pilares do recrutamento no novo normal:

  1. Agilidade para se adaptar às mudanças. Os recrutadores têm que adequar suas operações às novas demandas dessa normalidade, já que o confinamento forçou a agilizar os processos a tal ponto que algumas decisões que antes exigiam a aprovação de várias pessoas foram simplificadas, ou desapareceram. A entrevista virtual é um exemplo de como as coisas mudaram, mas também adicionamos técnicas como gamificação no processo seletivo, priorizamos a avaliação de competências ou usamos a automação na comunicação para gerenciar cada vez mais candidatos.
  2. Autenticidade e transparência. Estas características são cada vez mais exigidas pelos candidatos, que procuram não só um emprego, mas uma boa experiência e também um grau de proteção social mais elevado do que antes. É preciso se adaptar aos novos tempos em que os colaboradores valorizam a transparência e as relações humanas acima de tudo. A comunicação com colegas e superiores é mais importante, se possível, hoje, assim como receber comunicações claras e saber o que se espera deles. Os candidatos hoje preferem organizações comprometidas, que podem oferecer ajuda em saúde mental e que são inclusivas.
  3. Habilidades. Como a realidade do trabalho foi interrompida pelo confinamento e restrições subsequentes, os gerentes da empresa priorizaram as habilidades em vez da experiência. Isso significa que, agora, as empresas de recrutamento vão focar nelas antes de outros parâmetros, definindo quais competências adquirir (com novos funcionários) ou desenvolver. Por isso, os recrutadores dividem seu trabalho em buscar novos candidatos para incorporar as competências que faltam ou são escassas na empresa, decidindo quais terceirizar e quais promover entre os atuais funcionários.
  4. Treinamento. Equipes de recrutamento são continuamente formadas para se adaptar não só às necessidades das empresas, mas às expectativas dos candidatos. Cada vez mais, procuram empresas com fortes valores sociais como igualdade e inclusão, sustentabilidade ou bem-estar.

Como você pode aproveitar esses pilares como candidato a um emprego?

Como candidato, sua obrigação é aproveitar ao máximo suas habilidades e pontos fortes. E também saber se destacar da concorrência em qualquer processo seletivo. Sabendo o que as empresas de recrutamento mais valorizam, você pode desenvolver sua melhor estratégia para conseguir um emprego no novo normal.

total-grupo-gif-180x180A agilidade buscada pelas empresas de recrutamento trabalha a seu favor se você for o candidato mais flexível e preparado. Entrevista virtual? Sem problemas: você tem o setup perfeito, com uma boa webcam, um bom microfone, uma sala com fundo neutro, silenciosa e bem iluminada. Além disso, saber se comportar diante de uma câmera e não perder o contato visual. Vai participar de uma dinâmica de grupo através do Zoom? Não há ninguém mais preparado do que você.

bloggif_5a7c5307e59cd (1)Seja transparente, como eles são. Não esconda nada, pois tudo pode ser descoberto, mas exija e pergunte tudo o que você quiser saber sobre a empresa que vai lhe contratar, ou sobre o próprio processo de seleção.

Destaque-se e venda suas habilidades muito bem, e não se preocupe tanto com a falta de experiência. Sabendo que eles priorizam as habilidades, você pode ter mais confiança em si mesmo, ainda que tenha acabado de terminar seus estudos. Isso, sem dúvida, é um boost para a sua confiança.

Por outro lado, não pare de desenvolver suas habilidades mais fracas e tente corrigir os pequenos defeitos. Pense com eficiência e concentre seus esforços nas áreas que farão a diferença na hora de optar por uma determinada candidatura.

A chave para se destacar não é apenas se conhecer e se vender bem, mas também conhecer as expectativas e prioridades dos recrutadores. Boa sorte!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s