6 recursos interessantes no LinkedIn para consultores e quem procura emprego

Foto por Pixabay em Pexels.com

De tempos em tempos, o LinkedIn hospeda atualizações sobre novos recursos de produtos para a mídia e outros profissionais relacionados da área. Por exemplo, em um evento de 2019, um engenheiro de software sênior compartilhou dicas sobre como aumentar as visualizações de perfil.

 

Este ano, a diretora de produto do LinkedIn, Monica Lewis, e a diretora de comunicações, Suzi Owens, realizaram um webinar para descrever vários recursos específicos para a busca de empregos

Sua presença online ainda é apenas uma das muitas ferramentas para conseguir sua próxima oportunidade.

Embora seja maravilhoso que o LinkedIn continue atualizando sua plataforma para oferecer novos recursos para busca de empregos, qualquer ferramenta, não importa o quão abrangente seja, é apenas uma das muitas que você deve usar para conseguir um trabalho. Mesmo quando um recrutador encontra seu perfil, não há garantia de que ele clicará nele. Mesmo se eles clicarem em seu perfil, não há garantia de que entrarão em contato.

Como candidato a emprego ou consultor, maximize sua presença online, mas também tenha um currículo e/ou site abrangente e atraente. Escreva cartas de apresentação envolventes e relevantes. Faça um argumento de venda que deixe uma impressão positiva quando estiver fazendo networking. Saiba como entrevistar, solucionar problemas de procura de emprego e negociar e fechar uma oferta, para que você tenha uma estratégia que o leve até o fim do processo seletivo.
 

 – #OpenToWork

Essa hashtag pesquisável também pode aparecer como um quadro ao redor da foto do seu perfil. Na seção superior do seu perfil, na opção “Buscando”, aparecerá as opções “Encontrar um novo emprego” ou “Contratar”. Na primeira, ao adicionar “preferências de vaga”, pode selecionar que todos os usuários da plataforma vejam que está procurando emprego, adicionando, automaticamente, o selo #OpenToWork. De acordo com o LinkedIn, mais de 5 milhões de perfis apresentam essa moldura de foto, e esses perfis têm, em média, 40% mais InMails de recrutadores e 20% mais mensagens da comunidade do LinkedIn.

Esse recurso provavelmente não é o único motivador por trás do aumento da atividade e, como o LinkedIn compartilhou um resultado médio, não significa que todos os perfis apresentaram desempenho aprimorado. No entanto, essa opção é gratuita e fácil de implementar. Se você não se reconectou com todos em sua rede para informá-los sobre sua pesquisa, esta é uma maneira abrangente de alcançar pessoas que você ainda não contatou, bem como pessoas que você esqueceu. Se você é um consultor ou está em um emprego temporário, mas idealmente procurando por um emprego interno em tempo integral, a tag #OpenToWork pode indicar a possíveis empregadores e recrutadores que você está procurando ativamente, mesmo se seu perfil mostrar que você está empregado.

2 – Cursos grátis

Existem mais de 600 cursos no LinkedIn Learning que estão disponíveis gratuitamente. O truque é que você precisa começar em opportunity.linkedin.com e acessar “Aprenda competências para as vagas mais procuradas”. Mas os conteúdos são em inglês, sem tradução. Também é necessário estar atento, porque diversos cursos têm uma taxa ou são gratuitos apenas para membros Premium.

Esses são focados em empregos sob demanda, incluindo desenvolvimento de software, vendas, gerenciamento de projetos, administração de TI, marketing digital, suporte ao cliente, suporte de TI, análise de dados, análise financeira e design gráfico. Existem também aulas sobre habilidades sociais, incluindo resiliência, habilidades de comunicação, etc.

3 – Filtros de pesquisa adicionais

O LinkedIn adicionou um filtro de palavras-chave para pesquisar em “Pessoas”, bem como filtros adicionais para pesquisar empregos, cursos e outras seções. A capacidade de procurar pessoas de forma proativa, mesmo em sua própria rede, é um recurso que os candidatos a emprego ignoram. Com o tempo, você provavelmente se conectou a centenas, até milhares de pessoas, com as quais não mantém contato regularmente, então você se esqueceu de onde elas são e o que fazem ou as circunstâncias mudaram. Vale a pena pesquisar periodicamente suas conexões de primeiro grau e se reconectar às pessoas apenas para dizer oi. (Dessa forma, se você precisar contatá-los sobre sua procura de emprego, não será a primeira vez em anos que eles terão notícias suas.)

4 – Recurso de deslizar para cima no story

O recurso de stories do LinkedIn permite que você compartilhe vídeos curtos e fotos que ficam na plataforma por 24 horas. Este recurso está disponível apenas na versão do aplicativo móvel do LinkedIn. A nova opção é o recurso de deslizar para cima que leva o usuário para qualquer coisa a que você tenha vinculado sua história — por exemplo, um site.

 

Os consultores podem compartilhar histórias de projetos em andamento ou resultados recentes e vincular ao site da empresa. Quem procura emprego pode apresentar um certificado recebido recentemente e, em seguida, adicionar um link direto para seu site pessoal ou currículo.

5 – Integração com plataformas de reunião virtual em Mensagens

Idealmente, todo o networking e branding que você faz online levam a oportunidades na vida real. Se uma conexão começar no LinkedIn, você pode trocar mensagens e levá-la a um nível superior em uma conversa online. Pensando nisso, pode vincular seu LinkedIn a uma plataforma de reunião virtual e ir direto para essa reunião. Atualmente, a plataforma está vinculada ao Microsoft Teams, BlueJeans e Zoom, então você precisa ter uma dessas contas para aproveitar esse recurso.

 

A capacidade de entrar em uma reunião é um ponto positivo, pois elimina o atrito de agendar uma data futura e elimina o tempo de espera. Lembre-se de que, se estiver falando com um recrutador ou possível empregador, você pode querer um tempo para se preparar. Aproveite essa ferramenta apenas se você estiver pronto para dar o seu melhor.

6 – Áudio com seu nome

Você tem 10 segundos de áudio que pode gravar e postar com seu nome. Este recurso só pode ser configurado na versão móvel do LinkedIn, não no desktop. Não foi um dos novos recursos mencionados no evento, mas aprendi sobre isso por meio da especialista em apresentação em público, Katie Karlovitz.

Como ela demonstra em seu áudio, você pode usar esses segundos, não apenas para anunciar a pronúncia correta de seu nome, mas para fornecer informação sobre você. Seu tom e o que você decide incluir também revelam sua personalidade.

Fonte: Forbes Brasil 

 

 

 
 
 
 
 
 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s