Esqueça a ideia de “passar” na entrevista

Foto por August de Richelieu em Pexels.com

Para iniciarmos este assunto é fundamental que você tenha em mente que da mesma forma que você está à procura de um trabalho a empresa onde você fará a entrevista também está ansiosa por talentos.

Neste contexto, dois pensamentos são importantes:

I. Tire de sua cabeça a ideia de “passar” na entrevista!

Esta frase que comemoramos e festejamos quando somos o escolhido, pode gerar sentimentos de reprovação pessoal e a sensação de não ser bom o suficiente, quando isso não acontece. Esta sensação, além de poder minar suas energias, faz aumentar sua ansiedade, preocupação e coloca seu foco na reprovação afetando seu potencial.

A verdade é que algumas vagas chegam a receber mais de 1.000 currículos e por isso não se trata de passar ou não passar, se trata apenas de uma relação de oferta x demanda. Você não é inferior, por não ter passado. Perdoe-me a comparação, mas é como um reality show que tem centenas de candidatos, alguns muito bons, mas somente um leva o prêmio. Se esta não foi sua vez, continue se preparando, como você está tentando fazer agora, levante a cabeça, coloque seu foco naquilo que você é capaz de fazer e siga animado para a próxima entrevista.

II. O entrevistador não é seu inimigo, nem um monstro!

 

Conversando com algumas pessoas, fica evidente o medo que estas possuem do momento da entrevista. Alguns pelas razões acima, outros pelas dificuldades que estão passando pela falta de emprego e outros ainda, pela maneira como vêm o entrevistador. Inconscientemente, alguns associam o entrevistador com aquela figura do professor carrasco, que quer evitar o sucesso do aluno e este não é caso. O entrevistador tem uma tarefa a cumprir e será cobrado por isso!

Também tenho visto muitos profissionais reclamarem dos processos sem retorno, dos entrevistadores despreparados e das dinâmicas de grupo sem sentido. As razões podem ser as mais diversas, desde falta de conhecimento, falta de competência, ego, ou apenas falta de tempo do entrevistador. Sem querer defender a classe, existe um investimento de tempo razoável para responder aos que infelizmente não avançaram no processo.

Ao invés de esperar pelo outro, que tal reverter a situação, questionando o entrevistador a respeito do processo.

– Quais as próximas fases?

 

– Quais seus critérios de escolha?

– Você pode me dar um feedback agora a respeito do meu currículo e da nossa conversa?

Se o entrevistador responder todas as perguntas, provavelmente você será visto diferente da maioria. Ouça com atenção o que for dito e se necessário, solicite que ele ou ela fale de comportamentos específicos. Não aceite, algo como foi bom ou gostei de você. Peça que seja dito algo a respeito de seu comportamento na entrevista, de seu currículo e de suas competências. Caso você não se torne um colaborador nesta empresa, estas respostas ajudarão no seu desenvolvimento, deixando-o mais preparado para a próxima entrevista.

 

Agora que já refletimos sobre estas premissas compartilho algumas dicas simples e práticas:

  1. Pesquise sobre a empresa. Descubra sua área de atuação, quanto tempo está no mercado, sua missão, sua visão e valores, quem é o CEO, e utilize essas informações na entrevista para responder possíveis questionamentos, mostrando conhecimento e interesse de sua parte. Além disso você poderá usar essas informações para fazer perguntas inteligente e significativas.

 

  1. Mantenha-se atualizado. É importante saber sobre economia, política e sobre as notícias de sua área de atuação. Sei de um processo de seleção, onde o diretor questionava os candidatos a gerentes, a respeito de quantos pães são vendidos em São Paulo por dia. Evidentemente que sua intenção não era que o candidato acertasse, mas verificar se o candidato é antenado, de que maneira resolvia problemas e como reagia em momentos de surpresa.

 

  1. Alinhe sua apresentação pessoal. Com estas informações se adapte à empresa, pois ela possui uma cultura que deve ser entendida. É inadequado ir vestido com calça jeans e tênis na maioria das empresas da área financeira e também é inadequado vestir-se de terno e gravata para uma entrevista na maioria das startups, por isso, mostre flexibilidade, pois além de ser uma importante competência hoje em dia, você tem poucos segundos para causar uma primeira boa impressão. A propósito esteja atento à sua postura a partir do momento que chegar à empresa.

 

  1. Aja naturalmente. Não, isso não é incoerente com o tópico anterior. Se você agir tentando se controlar o tempo todo, ou parecer algo ou alguém, poderá perder alguma informação importante. Observe o ambiente, a decoração e respire fundo algumas vezes para diminuir a ansiedade.

 

  1. Utilize o método CAR. A maioria das empresas em que pude compartilhar o processo de entrevista por competência e em muitas outras, este método é muito utilizado. Basicamente, o CAR consiste em fazer perguntas relacionadas ao passado do entrevistado, observando o Contexto em que algo aconteceu, a Ação do candidato e os Resultados obtidos. Por isso, estruture suas respostas para explicar a situação à época, suas ações, os resultados e diga isso em uma única resposta. Alguns candidatos, por não estarem atentos à pergunta, respondem apenas parte dela, prepare-se antes e se quiser, procure na internet informações a respeito deste método.

 

  1. Redes Sociais. Grandes empresas avaliam o perfil do candidato nas redes sociais além da entrevista e participar de grupos como, eu odeio trabalharnão aguento meu chefe, entre outros, pode construir uma imagem errada a seu respeito ou realmente evidenciar seus pensamentos. Tome cuidado.

 

  1. Ensaie. Geralmente não é fácil falar de si mesmo e fica mais difícil quando acreditamos que o sonho do novo emprego depende destas respostas, por isso ensaie. Pesquise sobre as perguntas mais feitas nas entrevistas e crie suas respostas. Depois fale para você mesmo o que você escreveu, peça para alguém te perguntar e responda. Isso talvez diminua sua ansiedade no momento da entrevista e com seu emocional mais controlado você consiga explicar melhor sobre sua carreira até aqui e o que deseja daqui para frente.

 

Espero que estas dicas te ajudem em suas próximas entrevistas!

 

Texto de Henrique Gomes para o Administradores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s