Fila de emprego junta 5 mil pessoas e cruza dois bairros no ES; mas o motivo vai te surpreender

Processo de entrevistas durou 15 horas; dono do negócio defende modelo e afirma querer “olha na cara de cada pessoa, dar dignidade”

Atualmente, boa parte dos processos seletivos são realizados pela web: desde o envio dos currículos até as dinâmicas e entrevistas com os gestores. O problema é que muitos candidatos não recebem feedback algum, o que gera críticas e insatisfação com o mercado de trabalho.

O proprietário da lanchonete Rick’s Burger, que irá inaugurar em breve uma nova unidade no Shopping Mestre Álvaro, em Vitória (ES), decidiu fazer diferente: entrevistou, presencialmente todos os cinco mil candidatos do processo seletivo durante 15 horas seguidas.

No total, 70 vagas de emprego na nova unidade estavam em disputa para os cargos de chapeiros, condimentadores, barman e operador de caixa. Os salários iniciais variam entre R$ 1 mil e R$ 1,2 mil.

A fila começou a se formar no local das entrevistas, no bairro da Serra, às 5h da manhã da última quarta-feira (28) e, às 11h já passava pela Rodovia Norte-Sul, na altura do Bairro de Fátima, na capital capixaba. Há relatos de candidatos que ficaram na fila até as 22h30min.

A exposição dos candidatos ao calor e ao sol gerou críticas ao modelo adotado de seleção pelo estabelecimento. Mas a réplica do proprietário, Henrique César Hellmeister, foi capaz de colocar uma pedra sobre a discussão.

 

“O sorriso no rosto foi para cada pessoa do início ao fim”

Em uma postagem publicada no dia seguinte na página institucional da empresa no Facebook, Hellmeister rebateu as críticas e explicou por que optou por entrevistar cada um dos candidatos face a face, sem exigir o envio prévio de currículos.

Para o proprietário, quase todos os e-mails com currículos que eram enviados à área de recrutamento da lanchonete indicavam pouca ou nenhuma instrução. “Se levássemos em conta apenas os currículos enviados por email, contratariamos apenas quem tem experiência ou qualificações. E esse nunca foi o nosso intuito”, afirmou.

“Do rapazinho que fez em uma folha de caderno por não ter dinheiro para imprimir seu currículo, à senhora que se encontra há 5 anos sem trabalhar porque segundo ela, ninguém a contrata porque perdeu os dentes. Todos foram entrevistados”, explicou o empresário.

A repercussão negativa foi revertida. Alguns dos que participaram do processo seletivo ou presenciaram o tamanho da fila elogiaram a atitude nos comentários.

 “Eu passei 13 horas na fila. Até o a parte branca do meu olho tá vermelha por tanto sol. Eu e meu irmão nos mantemos firmes até às 23:20 quando fomos entrevistados pelo Wallace”, conta uma das candidatas. “Eu não tinha ideia do tamanho da crise e das pessoas que estão passando dificuldade. Obrigada por dar dignidade para quem a sociedade já esqueceu faz tempo”, diz.

“Esse é o mundo corporativo babaca que não quero e não serei”

Hellmeister enfatiza que todos os perfis de candidatos foram aceitos durante as entrevistas no processo seletivo. A ideia, segundo ele, é dar oportunidade a minorias e pessoas que vivem à margem da sociedade.

“Deprimente é entrevistar uma menina simpática e linda, que começou a chorar porque não consegue seu primeiro emprego porque segundo ela: falaram que ela é ‘gorda demais para usar o uniforme da empresa’. Esse é o mundo corporativo babaca que não quero e não serei”, conta.

Ele reconhece que seria mais fácil terceirizar o processo para uma empresa de RH e Recrutamento, definir um perfil de candidatos e entrevistar apenas os selecionados. “O sorriso no rosto foi para cada pessoa do início ao fim, cara a cara com os responsáveis da empresa […] Não podemos mudar o mundo, mas 70 realidades vamos [mudar] sim”, conclui.

Com informações da Gazeta Online.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s