O que é um programa Employee Wellness?

Há alguns anos, uma pesquisa realizada pela empresa de recrutamento Robert Half mostrou que os brasileiros são os profissionais mais estressados do mundo. Na época, quando a sobrecarga e competitividade eram menores do que nos dias de hoje, 40% dos trabalhadores já disseram sofrer constantemente com o estresse e a ansiedade no ambiente de trabalho, e para a Organização Mundial de Saúde (OMS), 70% continuam estressados. Mas a boa notícia é que existe uma forma para que isso não aconteça. Uma forma para valorizar a saúde física e emocional de seu colaborador. E para que, assim, a troca de experiência entre empresa e funcionário possa ser a mais satisfatória possível.

O segredo está no chamado “Employee Wellness”, que, na tradução, significa “Bem-estar do Funcionário”. Se você procurar o termo em buscadores como o Google, encontrará pouco sobre o assunto em português, mas é por isso que o BWG separou tudo o que você precisa saber sobre essa estratégia de negócio. Segundo a publicação inglesa The Economist, que entrevistou mais de 200 profissionais de RH e 500 colaboradores que participam de programas como esse, 67% das pessoas acreditam que os programas de bem-estar aumentam seu compromisso com a missão e também com as metas da empresa, além de tornar os colaboradores mais saudáveis, felizes e, consequentemente, produtivos.

Através de uma série de programas que visam a qualidade de vida dos colaboradores, a empresa pode transformar a experiência deles e aproximar-se ainda mais. Se você seguir o Employee Wellness, sem dúvidas estará fazendo a sua parte para não entrar nas estatísticas negativas sobre o mundo corporativo. Acima de tudo, estará cuidando daqueles que realmente fazem a diferença!

Deseja um atendimento personalizado de gestão de pessoas para a sua empresa? Entre em contato!

Principais benefícios do Employee Wellness

Antes de partirmos para a ação, vamos reforçar os benefícios dos programas de bem-estar para os colaboradores. De acordo com uma pesquisa feita pela Ibmec e Locomotiva sobre RH, entre janeiro e fevereiro de 2017, 74% dos profissionais acham muito importante um funcionário ter estabilidade emocional e boa relação interpessoal. É claro, tão óbvio, não? Acontece que, desses mesmos pesquisados, apenas 10% acham fácil encontrar profissionais estáveis emocionalmente.

E naquele levantamento de 2013, que apontou o Brasil como principal vilão para o estresse do profissional, que não consegue mais separar a vida pessoal da profissional – estatística que vem crescendo conforme o tempo –, o excesso de carga de trabalho, com 52% das opiniões, foi a maior causa de estresse apontada pelos diretores brasileiros, seguido de falta de reconhecimento (44%).

Ou seja, está na hora de mudar este cenário e entender que, assim como a empresa, os colaboradores também precisam de ajuda, sentir o comprometimento do outro lado, sentir que existe confiança e criar um sentimento de reciprocidade.

Quais são os programas de Employee Wellness?

Se você, da área de gestão de pessoas ou recursos humanos, está se perguntando quais programas, de fato, estão incluídos no Employee Wellness, é fácil. Afinal, muito provavelmente você já conhece esse tipo de ação.

Por exemplo, ao oferecer flexibilidade de horário, uma empresa está trabalhando um programa de Employee Wellness, assim como a possibilidade de home office, uma tendência em diversas áreas, mas ainda pouco explorada por receio dos gestores. A mesma pesquisa de 2017 mencionada acima, inclusive, teve um exemplo de quantos executivos afirmam que suas empresas oferecem esses dois benefícios: apenas 36% para a flexibilidade e 16% para o trabalho em casa.

Investir na capacitação do colaborador e oferecer recompensas também pode ser uma maneira inovadora para fugir das vantagens básicas oferecidas em um contrato de trabalho. De acordo com a Metlife, aqueles que se sentem muito satisfeitos com seus benefícios têm três vezes mais chance de sentirem-se satisfeitos com seu trabalho. A Association for Human Resource Management dos Estados Unidos afirma: este é o terceiro fator de satisfação para quase 70% dos colaboradores.

Entre outras ações, entram cursos de meditação, educação financeira, campanhas de prevenção de doenças ou alimentação adequada e exercícios, acompanhamento nutricional e psicológico, convênio com academias, massagens rápidas e outras novas formas que podem tornar o ambiente de trabalho mais leve e saudável.

Como planejar programas de Employee Wellness?

Assim como qualquer outra estratégia a ser colocada em prática dentro de uma empresa, os programas de Employee Wellness exigem planejamento e comunicação. Ou seja, é preciso entender qual é o perfil dos funcionários, qual é a cultura organizacional da empresa, se os valores estão alinhados entre ambos e quais programas poderiam ser inseridos para auxiliá-los em questão de bem-estar.

E como fazer isso? Por meio da comunicação! É importante saber a opinião de seus colaboradores, entender que o feedback precisa ser contínuo, abrir a mente para novas possibilidades e facilitar o engajamento entre todos. Uma das maneiras mais eficazes para se fazer isso é implantar uma ferramenta de colaboração social na sua empresa.

O 4bee Comunicação e Colaboração é a opção ideal para incentivar os programas de Employee Wellness. Como uma rede social corporativa e personalizada, que aparece para modernizar a comunicação e ampliar o conhecimento sobre a cultura organizacional da sua empresa, o 4bee permite que colaboradores e gestores estejam conectados a qualquer hora, independentemente de onde estejam. Então, por que não aproveitar a ferramenta para testar, por exemplo, a flexibilidade de horário e o trabalho home office? Por que não utilizar a colaboração social a favor do Employee Wellness?

Assim que conhecer o serviço e explorar as funcionalidades da plataforma, você verá que ela pode afetar diretamente (e positivamente) em toda a comunicação interna. Pessoas que, a princípio, seriam inatingíveis no dia a dia das empresas, como diretores e profissionais de outras unidades e departamentos, passam a se aproximar de forma muito mais simples, prática e que otimize o tempo e o dinheiro da organização. Uma comunicação assertiva? Pode apostar que é um dos grandes diferenciais de empresas que buscam o bem-estar de seus funcionários!

Quer conhecer a ferramenta e enxergar de perto todos os seus benefícios? Fale agora mesmo com um de nossos especialistas!

Sem dúvidas, ao oferecer programas de Employee Wellness, você estará, sim, beneficiando o seu colaborador, que se sentirá muito mais motivado, com boas condições para continuar o trabalho com produtividade. Mas, com isso, a sua empresa também sairá ganhando.

Sempre lembrando que a prioridade, aqui, é focar no bem-estar dos colaboradores. Apesar de aparecer como mais um grande desafio do RH, ele traz, também, um dos resultados mais gratificantes.

Tem alguma dúvida? Deixe seu comentário!

Para conferir o conteúdo original acesse este link: http://www.bwg.com.br/4bee-rede-social-corporativa/o-que-e-um-programa-employee-wellness/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s