Guia salarial confirma: CRESCE A VALORIZAÇÃO POR PROFISSIONAIS DE RH GENERALISTAS

jrDe acordo com dados do Guia Salarial 2017 da Robert Half, diante das incertezas econômicas, a tendência é que cresça ainda mais a cobranças das empresas para que a área de Recursos Humanos promova ações diretas com efeito no curto prazo. “Além do contexto econômico, os profissionais estão muito mais conscientes e avaliam as oportunidades pelos desafios e aprendizados que elas oferecem e não apenas pelo salário. Essa nova realidade tem exigido muito mais estratégia dos profissionais de RH”, explica Mariana Horno, gerente sênior da Robert Half.

Dentro desse cenário, nota-se a valorização de profissionais de três segmentos: treinamento e desenvolvimento, cobrados pela implementação de programas que consigam extrair a máxima dedicação do colaborador em momentos de pressão sem desmotivá-lo; remuneração e benefícios, desafiados a inovar na estruturação de um plano de cargos e salários capaz de atrair e reter talentos, sem gerar prejuízos financeiros à companhia; e folha de pagamento e departamento pessoal, com demanda para profissionais que tenham conhecimento atualizado sobre a legislação trabalhista.

Quanto ao perfil do profissional de RH valorizado, estão em destaque os generalistas, que além de entender a regulamentação trabalhista e subsistemas da área, também devem ter noções básicas de rentabilidade, estratégia comercial, segmentação da companhia e procedimentos dos demais setores da companhia, além de habilidade para encontrar o melhor canal de comunicação entre elas. O conhecimento do idioma inglês colocará o profissional um passo à frente. “Aos que atuam em grandes corporações, onde as estruturas tendem a ser mais segmentadas e os colaboradores mais especializados, o conselho é que os profissionais de RH expandam os conhecimentos por meio de cursos ou trânsito entre as áreas por meio de job rotation para garantir a visão do todo”, ressalta Mariana.

Há vagas – A executiva conta que profissionais qualificados em busca de uma oportunidade vão se recolocar, mas é preciso ter paciência. Um movimento interessante é o crescente interesse das startups por investir em um departamento de RH. Além disso, o mercado tem se mostrado muito aberto a dar oportunidades a jovens profissionais que sejam arrojados e estejam dispostos a assumir responsabilidade.

Demanda Perfil Oportunidades
Coordenador, Gerente Generalista, Analista de folha de pagamento e departamento pessoal, Analista Sênior de remuneração e benefícios Inglês, proatividade e olhar estratégico Energia, Startups de Tecnologia e Setor Farmacêutico

 

Posições de destaque

  2016 2017
Coordenador / Especialista Generalista P/M* R$ 5.500 – R$ 10.000 R$ 7.000 – R$ 10.000
Gerente Remuneração e Benefícios P/M* R$ 9.000 – R$ 15.000 R$ 11.000 – R$ 15.000
G* R$ 13.600 – R$ 22.000 R$ 15.000 – R$ 23.500

*Tamanho da empresa

 

Fonte: Perspectiva Comunicação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s