Grupos de Reflexão – A importância do treinamento dentro das Empresas

grupoAcredito ser essencialmente importante o investimento das empresas em treinamentos tanto técnicos quanto comportamentais. Nesta matéria atentarei ao desenvolvimento de grupos relacionados ao viés comportamental/emocional, visto ser meu foco de trabalho.

Entendo os aspectos comportamentais enquanto sintomas e acredito na leitura dos mesmos como um caminho para o levantamento de necessidades e/ou identificação de demandas de um grupo.

Os comportamentos traduzem, muitas vezes, dificuldades de comunicação, relacionamento, hierarquia, definição de papéis e crises diversas advindas de processos de perda ou aquisição (processos de mudança em geral).

Uma das possibilidades de cuidado neste sentido se dá através dos grupos de reflexão, que são grupos operativos (de ação) aplicados ao ensino/aprendizado. Neste tipo de grupo enfatiza-se o indagar e o refletir sobre questões oriundas de determinado contexto profissional; visa à compreensão de demandas e dificuldades que podem impedir ou impossibilitar que o grupo realize suas tarefas.

Na condução do treinamento valoriza-se a comunicação grupal e o levantamento dos pontos de tensão, sendo que quanto mais livre e espontânea torna-se a comunicação, maior a possibilidade de que surja um leque de emoções vinculado ao cenário trabalhado.

A proposta é a de construir um espaço seguro e protegido para que os membros possam entrar em contato com o significado de seus sintomas e cuidar de suas reais necessidades. Protagonizar experiências, com o distanciamento necessário ao olhar crítico, possibilita ao grupo desvelar comportamentos viciados e nocivos. É um processo que permite lançar mão de novos recursos, construir novas possibilidades e modificar dinâmicas, com base na parceria e responsabilidade mútua.

A vivência grupal também favorece a identificação de demandas individuais, o que permite o encaminhamento para um cuidado mais direcionado, como um processo de Psicoterapia.

Grupos de reflexão bem sucedidos acabam tendo efeitos terapêuticos, pois fazem uso dos sentimentos como recurso criativo para fortalecer a confiança em todas as suas possibilidades: autoconfiança, confiança nas relações interpessoais, no grupo e confiança organizacional.

Um time lúcido e próximo cresce em desempenho e realização, ou seja, a saúde do grupo se desdobra no aumento de produtividade, harmonia nos relacionamentos, interação adequada entre os papéis, melhor comunicação e ambiente equilibrado; o que só reitera a importância e o valor do investimento em treinamento e cuidado emocional dentro das empresas, que traz como consequência o sucesso da organização como um todo.

Entre em contato para saber mais a respeito deste serviço de Saúde e propostas de parceria.

 

_MG_9012 (683x1024)Maria Amélia Aderaldo – CRP: 06/74257

Psicóloga Clínica e Hospitalar

Profissional com Pós-Graduação em Psicologia Hospitalar aplicada à Cardiologia (Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia), Especialização em Psicossomática (Facis-Ibehe) e Graduação em Psicologia (UniFMU); além de diversos cursos voltados à área de Saúde, com ênfase ao de Extensão em Drogas e Aids: os desafios dos projetos preventivos (Cogeae-PUC).

Atuação Clínica a adolescentes, adultos e melhor idade em consultório particular em Atibaia e São Paulo. Enfoque na abordagem fenomenológica.

 

(11) 9.9971-8648 / maderaldo25@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s