Empresa Grammer, de Atibaia é a primeira empresa a aderir ao PPE – Programa de Proteção ao Emprego no país

grammerNós que somos da região, durante muitos anos constatamos a potência e força dessa empresa, responsável pelo emprego de tantos atibaienses (diretos e indiretos), fato é que desde que me entendo por adulto, jamais vi a empresa em situação parecida, o que é alarmante e devemos torcer muito para que superem as dificuldades e voltem a crescer, desenvolver e gerar empregos e renda.

A fabricante de assentos de carros Grammer do Brasil é a primeira empresa a aderir ao Programa de Proteção do Emprego (PPE), lançado pelo governo, no início do mês, como tentativa de estancar o aumento das demissões, especialmente na indústria.

De acordo com o Ministério do Trabalho, a Grammer fez acordo com os trabalhadores e entrou nesta terça-feira, 28, com solicitação de ingresso no PPE.

O programa permite a redução da jornada de trabalho em até 30%, com redução do salário de até 15%, porque o governo complementará os outros 15% com recurso do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

A Grammer, instalada em Atibaia, interior paulista, possui aproximadamente 650 funcionários que produzem mais de 1,7 mil assentos de motoristas e passageiros para os principais fabricantes de caminhões, ônibus, tratores, máquinas de construção e empilhadeiras.

Também são fabricados apoios de cabeça e apoios de braço para montadoras de veículos de passeio. MAN, Ford, Mercedes-Benz, Volkswagen, AGCO, John Deere, Scania, Valtra e Fiat são clientes da Grammer.

O Ministério do Trabalho informou que a fabricante de máquinas, motores e veículos pesados Caterpillar também entrou com registro de acordo coletivo para adesão ao PPE.

O ministério não informou quantos funcionários de cada uma das empresas foi incluído no programa e terão, portanto, jornada e salário reduzidos.

Para solicitação adesão ao PPE, a empresa interessada deve registrar o Acordo Coletivo de Trabalho Específico (ACTE) no site do Ministério do Trabalho e efetuar o cadastro de solicitação no Portal Mais Emprego. O ministério publicou um tutorial da adesão no site.

É preciso provar que a companhia passa por dificuldades econômico-financeiras e que se esgotaram outras possibilidades, como utilização do uso de banco de horas e período de férias, inclusive coletivas, para cada funcionário que for incluído no programa.

O governo usa como critério para definir a situação da empresa o Indicador Líquido de Emprego, que deve ser inferior a 1%.

O cálculo é feito sobre a variação tolerável no quadro de funcionários ao longo dos 12 meses anteriores à adesão ao programa.

 

Fonte: Exame

Um pensamento sobre “Empresa Grammer, de Atibaia é a primeira empresa a aderir ao PPE – Programa de Proteção ao Emprego no país

  1. Favor encaminhar ao departamento de importação/exportação.

    Nossos serviços estão voltados para atender integralmente o exportador e o importador, oferecendo consultoria integral em comércio exterior, com foco no despacho aduaneiro, na assessoria para o desenvolvimento de projetos de importação e exportação, habilitação no sistema RADAR, etc..

    http://www.onix-trade.com

    ou escreva com sua necessidade para o email dir.comercial@onix-trade.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s