Demanda por especialistas em T&D cresceu 94% em 2021, diz pesquisa

pexels-photo-3184328.jpeg

Foto por fauxels em Pexels.com

Nos últimos dois anos, os líderes de Treinamento e Desenvolvimento vêm lidando com altas expectativas, que incluem a busca por novas soluções para o desenvolvimento de competências conectadas aos planos de carreira, mobilidade interna e retenção de talentos, além do senso de cuidado com o bem-estar, diversidade e inclusão dentro das organizações.

GIF Sertec_JackelyneB_300x300Neste cenário, o LinkedIn divulga o novo estudo “Relatório de Aprendizagem no Local de Trabalho 2022”, que aponta um aumento de 94% na demanda por especialistas de T&D até a metade de 2021. Tendo agora a atenção das lideranças, quase 50% dos profissionais esperam um aumento no orçamento da área este ano, segundo o levantamento.

De acordo com o relatório, a cultura organizacional está passando por um momento de grandes transformações e a capacitação dos colaboradores ajuda a fortalecer este pilar, gerando funcionários engajados e motivados a inovar, encantar os clientes e superar a concorrência. Responsáveis por criar experiências de aprendizagem de qualidade e preparar as empresas para o futuro, os profissionais de T&D observam que o universo corporativo segue o caminho certo: 64% afirmam que a cultura de aprendizagem se fortaleceu no ano passado.

Além disso, vale dizer que esta mudança tem acompanhado as movimentações do mercado. As competências dos usuários do LinkedIn para a mesma função mudaram cerca de 25% de 2015 a 2021. Neste ritmo, a expectativa é de que as habilidades continuem sendo renovadas cerca de 40% até 2025, mostra o relatório. A pesquisa reforça que os funcionários que consideram que suas competências não estão sendo aproveitadas em seu cargo atual têm 10 vezes mais chances de procurar um novo emprego.

copia-de-opiniao-rh-pontomais-300-px-c397-180-px-2As equipes de T&D também estão na vanguarda da transformação da aprendizagem voltada à diversidade, equidade e inclusão. Cerca de 55% deles são totalmente responsáveis ou compartilham a responsabilidade sobre as estratégias de D&I. Este é um dos cinco principais focos dos programas de T&D em 2022, segundo os profissionais entrevistados. São eles: treinamento de liderança e gestão, capacitação de funcionários, transformação digital, pertencimento, diversidade e equidade e apoio ao desenvolvimento dos funcionários.

Com as empresas e funcionários(as) repensando suas prioridades no trabalho, especialistas em T&D estão em busca de promover um ambiente que priorize o cuidado e o bem-estar. O estudo mostra que 81% dos executivos estão modificando as políticas das empresas para oferecer maior flexibilidade para sua força de trabalho.

Em 2021, 49% dos profissionais de T&D ampliaram o foco no treinamento e suporte aos gestores relacionados a estes assuntos. No entanto,  ainda existe um longo trabalho pela frente, já que apenas 25% deles afirmam que suas empresas priorizam o treinamento focado no bem-estar e no equilíbrio entre vida profissional e pessoal.

Veja mais: Do metaverso ao TikTok, o que vem por aí nos treinamentos virtuais

Metodologia

Com uma amostra interna do LinkedIn, pesquisamos 1.444 profissionais de T&D e 610 alunos em novembro de 2021 nos idiomas inglês, francês, alemão e português. Alguns dados foram preenchidos pelos próprios usuários do LinkedIn em seus perfis e coletados a partir de uma amostra interna de 2.869 usuários em novembro de 2021 e outra amostra interna de 2.626 em dezembro de 2021.

Para mais informações sobre a metodologia e bibliografia da pesquisa, acesse o Relatório de Aprendizagem no Local de Trabalho 2022.

Por Redação

Fonte: Rh pra Você

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s