pexels-photo-7947756.jpeg
Foto por RODNAE Productions em Pexels.com

É preciso interpretar, destrinchar e cruzar informações para chegar a análises que façam sentido e sejam realmente válidas para a realidade da empresa

Coletar, analisar e usar dados é fundamental para o sucesso de qualquer empresa na atualidade. Apesar da prática ser mais comum e difundida no marketing e no comercial, com a análise de preferências e comportamentos do consumidor, outro setor da empresa que pode se valer do gerenciamento de dados para uma gestão mais estratégica e eficaz é o RH.

GIF Sertec_JackelyneB_300x300Ao fazer uso de dados dos colaboradores, o RH pode identificar padrões e tendências de comportamento dentro da empresa. Isso facilita o planejamento de ações de suporte à gestão de pessoas, levando a resultados cada vez mais positivos. Claro, é preciso interpretar, destrinchar e cruzar informações para chegar a análises que façam sentido e sejam realmente válidas para a realidade da empresa.

Por exemplo, é comum que algumas empresas sofram com alta rotatividade de colaboradores. Isso não é desejável, tanto pela continuidade dos projetos, que fica prejudicada, quanto pelos prejuízos que envolvem a demissão e contratação de pessoas. Este é um caso em que a análise de dados pode ser um meio interessante para identificar o que acontece na empresa em termos de gerenciamento de pessoas.

GIF-200x150Os fatores que levam a essa alta rotatividade podem ser inúmeros: contratações erradas, problemas de integração entre funcionários ou departamentos, problemas com as lideranças, etc. Para descobrir o que causa o problema será necessário avaliar as informações, como os dados de recrutamento e seleção, avaliações de desempenho, treinamentos, além de fazer um mapeamento do comportamento das pessoas. Ter boas ferramentas à disposição pode ser fundamental neste processo.

Com os dados em mãos, será importante cruzar informações, analisá-las e interpretar tudo o que estiver à mesa. Neste momento, você provavelmente vai conseguir enxergar o motivo da alta rotatividade atingir a companhia e, com base nos dados, planejar como solucionar a situação.

Gif site (180 x 180 px) (1) (1)A gestão de dados pode ser aplicada pelo RH em uma multinacional ou em uma pequena empresa. Em todos os casos, será estratégico e importante para que a companhia possa funcionar de maneira orquestrada, com a menor quantidade possível de “ruídos”. Gerir pessoas é sempre um experimento. Afinal de contas, os colaboradores de uma empresa são diferentes e nunca podemos ter certeza do que esperar de cada um. No entanto, se as ações forem desenvolvidas com o apoio de dados, as chances de a experiência ser positiva e gerar resultados aumentam de forma exponencial.

Fonte: Melhor RH