O papel engajador das confraternizações de final de ano nas empresas

pexels-photo-6405675.jpeg

Foto por Pavel Danilyuk em Pexels.com

Chegou aquele momento do ano que os colaboradores tanto aguardam – ou não: a época das confraternizações corporativas de final de ano (ou a ‘festa da firma’, como preferir).

GIF Sertec_JackelyneB_300x300Depois de um 2020 no qual as empresas apostaram nos eventos virtuais para não deixar a data passar em branco, para 2021 o modelo híbrido se tornou opção para organizações que estão investindo no planejamento para fazer a confraternização bombar.

De acordo com levantamento feito pela Leo Learning, empresa de soluções digitais para treinamento e desenvolvimento corporativo, 47% das companhias irão apostar no encontro presencial. Para Richard Vasconcelos, CEO da LEO Learning, essa perspectiva já era de se esperar, devido ao avanço da imunização no Brasil. “Depois de um longo período sem conseguir celebrar socialmente com os colaboradores, o cenário atual permite que as empresas retomem as celebrações de final de ano, comemorem as metas batidas, os momentos marcantes e, principalmente, a dedicação dos colaboradores neste último ano”, afirma.

GIF-200x150O online, por sua vez, não perdeu força. 38% dos respondentes darão preferência, por precaução, ao formato que, para Leandro Reinaux, CEO da Even3, startup facilitadora de organização para eventos online, traz uma série de vantagens como economia, participação de todos os colaboradores (seja qual for sua localização), aproximação entre equipes, facilidade de organização, sustentabilidade e segurança.

“Mesmo com a vacinação em massa, grande parte das empresas sinaliza a intenção de seguir com o home office ou em regimes híbridos e essa tendência também influencia as escolhas relacionadas aos eventos corporativos. As confraternizações são importantes para o engajamento e a aproximação dos times e o formato online mantém esses ganhos, trazendo ainda outras vantagens, quando comparado ao evento presencial”, comenta.

Veja mais: O lado B do home office impulsiona modelo híbrido

Gif site (180 x 180 px) (1) (1)Criatividade para engajar

As festividades empresariais de final de ano carregam consigo um importante propósito. Mais do que somente um momento de relaxamento e informalidade, quebrando assim, por um dia, a dinâmica de muitos negócios, é um dia para engajar e unir a equipe de trabalho, como pontuou acima Reinaux. Por conta disso, é importante que as empresas trabalhem a festa de forma estratégica e bem planejada para, efetivamente, promover uma iniciativa positiva àqueles que se dedicaram ao longo de todo o ano.

Foi pensando nisso que o Mercado Eletrônico, empresa de e-commerce B2B, contou com o trabalho inspirado entre o RH e outros setores para fazer da criatividade o carro-chefe das ações de final de ano. No dia 2 deste mês, a companhia organizou um drive-thru para presentear os colaboradores. De carro próprio ou veículo de aplicativo, os funcionários foram à sede da empresa retirar um presente surpresa e um gift card de R$ 200. Além disso, contaram com a presença de um Papai Noel para tirar fotos com os filhos dos colaboradores.

Já no dia 9, o time do Mercado Eletrônico foi convidado a participar de um evento 100% online que contou com show do ilusionista Eduardo Braz, fundador e presidente da Liga dos Mágicos, maior agência de mágicos do país. A festa também trouxe sorteios de brindes aos funcionários.

kaballah1

“Também demos folga aos times para se encontrarem e seguirem com as festas. Teve almoço, churrasco, boliche, happy hour, opções para quem preferia online e para quem preferia presencial. Buscamos atender todas as necessidades. É um momento para encontrar pessoas, mas também para ter cuidado. Confraternizar, mas sem deixar de lado o alerta sobre a Covid-19”, pontuou Adriana Oliveira, Diretora de Recursos Humanos do Mercado Eletrônico.

O planejamento conta ainda com a presença de uma profissional de eventos no time de RH da empresa. Com o apoio, até os aniversários foram repaginados. “Fazemos no Escape 60 com um brinde após o jogo, um voucher do iFood e no final do mês há um book preparado com as fotos”.

total-grupo-gif-180x180Confraternização é também solidariedade

O final de ano do Mercado Eletrônico é, também, marcado pela solidariedade. Para o Natal, o Mercado Eletrônico conta com uma campanha chamada “Adote uma criança neste Natal”. A adoção pode ser feita de forma individual ou em grupos, de acordo com as equipes. A iniciativa foi proposta pela colaboradora Tatiana Marina, da área de Projetos, que é voluntária do projeto há 9 anos.

“Temos um comitê chamado Corações em Ação. Tenho muito orgulho do que a gente fez neste ano. A finalidade dessa campanha é olhar para dentro do nosso time, observando quem tem o interesse de realizar trabalhos sociais, e apoiar essas pessoas. Fazemos um drive-thru para receber presentes e em seguida eles são entregues. É muito importante podermos levar agasalhos, brinquedos, fazer algo. Todas as crianças merecem receber um presente. Sempre pensamos em como levar alegria”, diz Adriana.

A solidariedade também foi um dos caminhos escolhidos para engajar pessoas na Galderma Brasil, empresa de dermatologia independente. A organização criou o WINWIN Social, uma campanha de fim de ano focada em fazer o bem e impactar milhares de vidas.

A mecânica é simples: por meio de um hotsite, o colaborador doa R$ 50 e escolhe se esse valor será revertido em um kit escolar ou em um brinquedo para crianças em vulnerabilidade social. A Galderma, em um modelo matchfunding, doa o outro produto não escolhido e ainda adiciona uma cesta de Natal para famílias atendidas pela Gerando Falcões – que atua dentro da estratégia de rede, em periferias e comunidades, com projetos focados em esporte, cultura e qualificação profissional. 

labortime

“Em menos de 24 horas, os colaboradores conseguiram bater a primeira meta. A segunda meta, que era ultrapassar as doações realizadas em 2020, foi cumprida em apenas 5 dias. É surpreendente e emocionante ver como as pessoas estão cada vez mais engajadas em causas sociais e como é importante criar essa conexão entre empresas e organizações sociais”, diz Karina Oliveira, gerente sênior de RH na Galderma Brasil.

Em 2020, com sua campanha Natal do Bem, a empresa beneficiou mais de 6 mil pessoas e ainda incentivou mulheres empreendedoras, das comunidades atendidas pela Gerando Falcões, com a criação de um canal no Youtube. Edu Lyra, fundador e CEO da Gerando Falcões, destaca a importância de ações como essa para as pessoas beneficiadas. “Quando avançamos juntos, vamos mais longe. Em um momento de retomada, iniciativas como essa fazem a diferença na vida dos moradores das comunidades, ainda mais nesta época do ano”, finaliza.

Por Bruno Piai

Fonte: Rh pra Você

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: