Por que treinar para entrevista é fundamental?

O ditado “a prática leva à perfeição” é verdade absoluta em muitos assuntos. E quando o tema é entrevista, não seria diferente. Para ter um bom desempenho na entrevista e boas chances de ser contratado, uma boa alternativa é treinar o momento o suficiente para que tudo o que você disser diante do recrutador seja em tom natural e convincente.

E quando dizemos treinar, não significa que você precisa passar por inúmeras entrevistas para depois de muito tempo ser aprovado em um processo. Treinar quer dizer que você precisa estar preparado para todas as diferentes situações possíveis numa entrevista.

Cada recrutador tem seus aspectos e preferências na hora de avaliar um candidato à uma vaga, mas, no geral, os padrões não mudam muito. Entre o que acontece mais comumente, é bom já estar preparado para:

Testes
Os testes em processos seletivos funcionam como filtros iniciais para seguir para mais uma etapa. Neles, são comuns temas relacionados à área da vaga em aberto, que nesse caso é importante que você estude as técnicas mais atuais e comuns do seu ramo para ser aprovado; questões gerais, que servem para avaliar seus conhecimentos e atualização nos assuntos do momentos; testes lógicos, que como o nome já diz, medem sua capacidade de analisar situações e raciocinar na resolução de problemas; e redação, que possibilita que o recrutador avalie sua forma de se expressar, sua comunicação escrita, gramática e alvura de raciocínio.
Para te ajudar a ficar treinado nisso, em uma rápida pesquisa por testes em processos seletivos no Google você encontra muitos exemplos para fazer e praticar.

Dinâmica de grupo
A dinâmica de grupo pode acontecer antes ou depois da primeira entrevista. Com ela, os selecionadores buscam mais informações sobre a personalidade dos candidatos. Por isso, independente de treino, ser você mesmo é a primeira dica. Ao se preparar para essa etapa, você não terá como descobrir como tudo funcionará exatamente, mas, em casa, suponha situações possíveis e como você vai lidar com elas, sempre levando em conta que entre as características mais valorizadas nos candidatos são: autoconfiança, facilidade em trabalhar em equipe, capacidade de inovação e solução de problemas, boa comunicação e tolerância e respeito com opiniões contrárias.

Entrevista
Tanto para a primeira conversa com a equipe de RH, quanto para fase final com o gestor, ter as respostas na ponta da língua é fundamental. Na etapa de entrevistas, é possível prever com mais segurança as perguntas que serão feitas. Coisa ou outra vai mudar de uma entrevista para outra, mas prepare seu treino para responder pergunta como:

– Comente sobre você / experiências / qualificações  / cursos
– Quais os seus objetivos profissionais?
– Qual o motivo do seu último desligamento?
– Quais seus pontos positivos e negativos?
– Por que você quer trabalhar na nossa empresa?
– Por que devemos te contratar?
– Qual a sua pretensão salarial?

Fazer os testes, repassar perguntas e treinar respostas com antecedência permitirá que você aja com naturalidade nestes momentos tão importantes e seja bem avaliado. Se for preciso, para ajudar no processo de treino, pesquise testes, exemplos de dinâmicas de grupo e fale em voz alta suas respostas.
Novamente reforçamos: a prática leva à perfeição.

Fonte – Carreira e Sucesso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s