A Era da Distração

acorde3O volume de informações a que somos submetidos diariamente aumenta a cada segundo.

Com a informação cada vez mais disponível e acessível, e a cada dia se propagando de maneira mais rápida, é comum que as pessoas se percam numa mistura de urgências, importâncias e banalidades, no dia a dia. Quanto mais fácil e imediato o acesso à informação, mais intensa a sensação de que o tempo está passando mais rápido.

A tecnologia oferece – cada vez mais – meios de distração que podem nos fazer perder o foco. Estamos cada vez mais disponíveis, acessíveis e conectados uns aos outros, e o resultado de tanta disponibilidade é o inverso do esperado: pessoas estão “sem tempo”. Telefonia móvel, internet móvel, equipamentos móveis, comunicação online e instantânea via chat, texto, voz, imagem. A contagem do tempo é a mesma, um dia continua tendo 24 horas, mas a tecnologia nos permite fazer muito mais do que faríamos, e a qualquer momento. O resultado é a falta de priorização de nossas atividades diárias.

Com tudo podendo ser feito simultaneamente e/ou a qualquer hora do dia, deixamos de estabelecer prioridades.

Diante desta realidade, como podemos filtrar o que não é importante, para mantermos o foco nas coisas que são realmente importantes para nós?

Manter o foco em meio a tanta informação é possível, porém exige autodisciplina e muito autoconhecimento.

O autoconhecimento nos traz a consciência sobre a necessidade de definirmos propósitos para as coisas às quais nos propomos. Perguntas como “Por que isto é importante para mim? Por que quero realizar isto? O que eu ganho com isto?” nos ajudam a definir propósitos.

Quando definimos propósitos fortes, temos nas mãos não só “o que” é importante, mas “por que” é importante fazer. As respostas são os valores que buscamos satisfazer. E esses valores são os motivos que nos levam à ação (motivação). Sabendo “o que” e “por que” as coisas são importantes, além de motivação, temos ferramentas suficientemente fortes para mantermos a disciplina e, consequentemente, o foco no que nos é importante.

Além de definirmos propósitos, é necessário nos desenvolvermos no hábito da organização. Acumular tarefas é sinal de desorganização. Não cumprir listas de atividades, não estabelecer prazos para finalizá-las ou não priorizá-las são hábitos que nos impedem de ter as prioridades em mente.

Defina propósitos claros e fortes para seus objetivos, tenha em mente quais são os valores que você está buscando satisfazer, que te motivam, que te levam à ação, desenvolva a disciplina e a organização como hábito, mesmo que seja lentamente, diariamente, com pequenas decisões e novas atitudes, e opte sempre por qualidade no lugar de quantidade. Estas são atitudes indispensáveis para a obtenção de foco em qualquer área de sua vida.

O prêmio para quem consegue manter o foco em uma única atividade por vez é o autoconhecimento, que nos dá poder de decisão e nos proporciona, consequentemente, muito mais realizações.

 

Autor: Levi Lourenço

|ACORDE COACHING| Rua Adolfo Andre, 1515 Sala 3 – Centro – ATIBAIA -SP

|Email:contato@acordecoaching.com.br|

|Web site:  www.acordecoaching.com.br |

| Telefone: (11) 97616-0046 |

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s