Região fecha mais de 2,2 mil postos de trabalho em setembro, diz Caged

homologacao ministerio trabalhoNúmero de postos fechados é o maior em pelo menos cinco anos.Cidades da região perderam 16 mil postos de trabalho desde janeiro.

A região fechou 2.240 vagas de emprego com carteira assinada em setembro. O número de postos fechados é o maior em pelo menos cinco anos no Vale do Paraíba e região bragantina.
A informação é do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e foi divulgada nesta sexta-feira (23). Desde janeiro, as cidades da região perderam 16.416 postos de trabalho.
Do total de vagas fechadas no último mês, o pior desempenho foi o de São José dos Campos, com saldo de 1.126 vagas fechadas – o setor de serviços demitiu 641 empregados e o comércio, 364. A cidade perdeu 6.420 empregos formais desde janeiro.
O segundo pior desempenho em setembro foi o de Taubaté, com 695 postos de trabalho fechados – a indústria demitiu 417 empregados e os setores de serviços e comércio, juntos, quase 200 pessoas. Desde janeiro, o saldo é de 3.807 demissões no município.
Outras cidades da região que mais de demitiram do que contrataram em setembro foram Bragança Paulista, Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Bananal, Caçapava, Campos do Jordão, Caraguatatuba, Cruzeiro, Guaratinguetá, Jacareí, Joanópolis, Pindamonhangaba, Piquete, Potim, São Luiz do Paraitinga e Tremembé.

A expectativa é que neste mês, o volume de contratações comece a aumentar na região com a proximidade do fim do ano. Neste período, principalmente o comércio abre vagas temporárias.
Contramão
Apesar das demissões, treze cidades da região contrataram mais do que demitiram em setembro. O melhor desempenho foi o de São Sebastião, com saldo de 323 contratações
A cidade é seguida por Ubatuba com 138 novos postos de trabalho. A economia das cidades litorâneas começa a ser aquecida pela proximidade da temporada de verão. Ilhabela somou 58 novas vagas. Apenas Caraguá fechou postos no período.
Também ampliaram o número de empregos formais Aparecida, cuja economia foi aquecida no período por conta da proximidade da Festa da Padroeira; Cachoeira Paulista, Cunha, Lorena, Nazaré Paulista, Paraibuna, Piracaia, Queluz, Santa Branca e São Bento do Sapucaí.

Nota do Editor: Para esse ano, melhor também não esperarmos que as vagas temporárias de fim de ano melhorem muito esses indicadores, pesquisas apontam que a maioria dos lojistas NÃO VÃO ABRIR postos a mais de trabalho devido a baixa expectativa de vendas devido a recessão econômica.

 

Fonte G1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s