OS SEIS PIORES TIPOS DE COLEGAS DE TRABALHO – E COMO LIDAR COM ELES

PROFISSIONAL_DESMOTIVADOEles estão em todas as empresas: do negócio milionário de tecnologia até um negócio familiar que emprega poucas pessoas, há tipos de profissionais que certamente irão cruzar o seu caminho. Eles mudam de nome, sexo e aparência, mas são inconfundíveis. Penso que são verdadeiros “clássicos” nas empresas sejá lá fora ou aqui no Brasil, achei muito próximo da nossa realidade esse levantamento que o  site Daily Mail realizou selecionando alguns tipos de colegas que, no mínimo, podem incomodar o dia a dia profissional, seja fazendo fofocas, drama ou roubando o seu lanche da tarde. Abaixo, confira quem são e como você poderia lidar com eles:

O ANSIOSO
À primeira vista, parece ótimo estar trabalhando com esse tipo de colega de trabalho. Ele sempre envia os relatórios no prazo e atualiza os documentos. Mas não vai demorar para você perceber que esse colega super-afiado é um pouco maníaco por controle e quer sempre estar no centro das atenções. Ele quer mostrar serviço e sua intenção em todas as tarefas que faz é impressionar. Prefere trabalhar sozinho sempre que surge uma oportunidade em equipe e age como chefe.

A RAINHA (OU O REI) DO DRAMA

Às vezes, muito divertido. Outras, muito irritante. Ele tem o dom de pedir atenção quando você está mais ocupado, apenas para falar sobre seus dilemas pessoais e profissionais. Você sabe de tudo da vida dele: das aulas de yoga, das discussões familiares e de suas decepções imediatas. A sua alegria é compartilhar esses momentos, bem como descobrir e repassar questões pessoais de outros colegas.

O Rei do Drama não faz seus dramas em momentos pontuais – costuma ter vários colapsos ao longo de um dia, que vão desde uma impressora quebrada, uma planilha ausente ou um computador que não liga. Cada coisa é um desastre total para o Rei do Drama. Ficar muito perto dele gera exaustão. A dica é: não se afaste, mas aproxime-se com o cuidado de não se envolver em nenhum drama dele.

O OPORTUNO

Com a habilidade de estar sempre no lugar certo na hora certa, esse tipo de colega sabe exatamente como atrair todo o crédito por um trabalho em que, no fim, ele fez muito pouco. O Oportuno é visto frequentemente navegando pela internet, checando o Facebook, enviando memes e, algumas vezes, até descansando no trabalho. Lamentavelmente inconstante e completamente não confiável, ele pode ser uma pessoa tóxica na equipe. Seu comportamento pode frustar ou desmoralizar outros colegas. Felizmente, gestores apontam que os chefes sabem bem como reconhecer esse tipo de funcionário e como lidar com ele, sem comprometer a equipe. Mas é melhor não confiar demais.

O RECLAMÃO
Ser escolhido para uma tarefa específica, internet com velocidade lenta, corte de alimentos no restaurante….é incrível, mas ele só sabe reclamar. Eles tendem a resistir a cada ordem que vem de cima e procurar defeitos naquela decisão ou tarefa até encontrar algo para reclamar. Frequentemente, ele reclama da sua carga horária e diz que todo mundo tem mais folga e férias. É bom ter uma postura crítica no escritório, mas vamos combinar que ninguém aguenta um colega que vive o dia todo reclamando e olhando só para os aspectos negativos da empresa ou do ambiente. Tome muito cuidado para não entrar na dele. O reclamão te arrasta com facilidade – e vai querer te convencer.

O IRRITANTE
Ele pode ser a pessoa mais legal do mundo e excelente em seu trabalho, mas uma série de hábitos irritantes faz com que seja um pesadelo ficar ao lado dele. O irritante pinta as unhas na mesa, faz telefonemas pessoais altos, dá risada. Se você divide a baia com ele, é daquele tipo de colega que ultrapassa o seu espaço, invade o seu e nem se preocupa. O irritante tem a capacidade de te distrair, mesmo sem conhecê-lo. Infelizmente, se você não quer parecer chato, mesquinho ou grosso, não há muito o que fazer. Esse é o típico caso em que é preciso sorrir e abstrair.

O LADRÃO DE COMIDA

Esse é auto-explicativo. É aquele colega que não tem nenhum respeito pelas coisas dos outros e que vive em busca do lanche alheio. Ele pode ser extremamente produtivo ou incansavelmente folgado.

 

Fonte: Época Negócios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s