2015 – Ano desafiador á frente, SUPERE LIMITES!

superandoMais um Ano Novo se aproxima e muitas pessoas se veem estimuladas a traçarem novas metas, principalmente no campo profissional. Contudo, algumas sentem dificuldade de dar o pontapé inicial para uma guinada. Isso se deve a fatores que podem estar atrelados tanto a competências técnicas como também comportamentais. Vejamos abaixo algumas sugestões que podem ajudá-lo a iniciar 2015 com boas perspectivas.

1 – Se você já tem experiência profissional, faça uma retrospectiva dos últimos anos de sua carreira. Isso não deve levá-lo a um estado de nostalgia, mas sim a uma autoavaliação do que você foi capaz de realizar em prol do seu desenvolvimento.

2 – Uma vez traçada a sua linha de desenvolvimento profissional, avalie se algo que você desejava não foi conquistado e os motivos que contribuíram para esse estado de “paralisia”. Será que a responsabilidade desse fato está apenas relacionada à empresa em que você ou faltou iniciativa da sua parte? Muitas vezes, o melhor passo para o crescimento é o profissional ser honesto consigo e não ficar procurando desculpas para todas as questões que surgem à nossa volta e não nos agradam.

3 – Já que pontuamos o desenvolvimento profissional, não espere a chegada do Ano Novo para obter informações sobre aquele curso ou treinamento que você sempre quis fazer, mas adiou por muitas vezes. Aproveite o agora e não espere o depois, pois isso faz muita diferença para quem deseja sair da zona de conforto.

4 – Como está o seu networking? Lembre-se de que a rede de relacionamento é uma rica fonte para o profissional trocar experiências com outras pessoas que atuam na sua área. Mas não esqueça de que apenas acrescentar contatos não é manter uma rede fortalecida. É preciso que você esteja disposto a trocar informações, a receber e a dar algo em trocar. Não veja o networking como uma rede de mão única.

5 – Outro fator importante é manter-se atualizado tanto na sua área, quanto em relação a temas que sejam considerados de interesse geral. Hoje, por exemplo, falasse muito em sustentabilidade – tema que tem sido constantemente abordado no campo organizacional. Se durante uma reunião de trabalho o tema for mencionado, existe a possibilidade de que você contribua com alguma sugestão para que a empresa implante ações sustentáveis?

6 – Muitas empresas têm valorizado os profissionais não somente por aquilo que eles realizam dentro dos seus “portões”, mas também pelas ações que as pessoas assumem como cidadão. Não é à toa que muitas empresas estimulam atividades como o voluntariado. Isso tem levado vários profissionais a exercerem a cidadania, seja abraçando um projeto interno ou mesmo contribuído no anonimato com alguma atividade em prol da sociedade. Existe algo que você possa fazer nesse sentido?

7 – Já parou para pensar como seus colegas de trabalho o percebem no dia a dia? Você pode dominar muitas competências técnicas essenciais à sua função, mas se o seu lado comportamental não estiver preparado para, por exemplo, trabalhar em equipe, aceitar as mudanças, entre outros fatores, existe o risco que de você torne-se obsoleto para o mercado. Por isso, observe como as pessoas o veem no ambiente corporativo. Caso sejam realizadas avaliações de desempenho na organização, reveja se os pontos fracos que foram identificados foram trabalhados por você.

8 – Existem pessoas que quando veem outros profissionais em ascensão, simplesmente argumentam que o “sol não nasceu para todos” e que apenas alguns atingirão o sucesso. Não caia nessa armadilha dos que se consideram perdedores por natureza. Ao invés de lamentar, observe que caminhos a pessoa que você admira trilhou e procure, se possível, aconselhar-se com quem já deu uma guinada na carreira. Como exemplo, tome pessoas que possam alavancar sua vida e nunca levá-lo à desmotivação.

9 – Cometeu erros em sua trajetória profissional? Só não comete erros quem nunca tentou fazer algo. Por isso, não desista na primeira tentativa. Busque o seu espaço na empresa em que atua e no mercado de trabalho. Abra-se para novas possibilidades, mas tenha a certeza de que nada vem fácil.

10 – Você tem cuidado da sua saúde de forma responsável? Muitas vezes, a correria do dia a dia não permite que as pessoas lembrem-se de que as conquistas exigem muito tanto da mente quanto da parte física do indivíduo. Por esse motivo, é preciso cuidar da saúde, fazer um check-up anual, aderir a uma alimentação mais saudável e abandonar o sedentarismo.

Fonte: Rh.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s