Veja os sintomas da síndrome de burnout e como evitá-los nos colaboradores!

pexels-photo-3132388.jpeg

Foto por Andrew Neel em Pexels.com

O esgotamento e a falta de motivação no ambiente de trabalho não são sensações normais no dia a dia. São sintomas da síndrome de burnout, uma doença psicossocial tão problemática para o indivíduo, seus familiares e a empresa quanto as enfermidades de caráter físico.

Essa doença pode ter como principal causa o ambiente de trabalho, o que torna a empresa a principal responsável pela condição mental do profissional. Sendo assim, a companhia tem um papel fundamental para evitar esse problema, manter a produtividade dos seus colaboradores e prevenir, inclusive, possíveis consequências jurídicas.

Pensando nisso, separamos as principais informações sobre a síndrome de burnout para você evitar que aconteça com seus colaboradores. Acompanhe!

O que é a síndrome de burnout?

A síndrome de burnout é um distúrbio emocional que causa estresse, exaustão em excesso, esgotamento mental e físico. A doença é consequência de situações que envolvem competitividade ou responsabilidade extrema, o que é muito comum em ambientes profissionais.

Na medicina, a síndrome de burnout foi citada pela primeira vez, em 1974, por Freudenberger. O psicólogo norte-americano descreveu em seus estudos os sintomas enfrentados por ele e seus colegas. Esse foi o primeiro passo para diversos outros estudos realizados. Atualmente, o transtorno é incluído na Classificação Internacional de Doenças (CID-10).

Segundo um estudo realizado pela International Stress Management Association do Brasil (Isma), a síndrome de burnout afeta cerca de 30% dos brasileiros. Contudo, de acordo o Jornal da USP, especialistas acreditam que esse número cresceu ainda mais após a pandemia, por motivos como:

  • aumento na quantidade de trabalho;
  • maiores exigências nas tarefas;
  • mais produtividade nas entregas;
  • falta de férias;
  • sobrecarga de horários;
  • falta de limite entre vida pessoal e profissional;
  • medo de perder o cargo, entre outros.

kabalha

Segundo pesquisa da Robert Half em sete países, incluindo o Brasil, 51% dos executivos acreditam que seus colaboradores estão mais propensos a sofrer da síndrome de burnout nos próximos meses. Considerando apenas as respostas dos líderes brasileiros, o percentual sobe para 53%.

Quais são os principais sintomas da síndrome de burnout?

Identificar os sintomas da síndrome de burnout ajuda as empresas na criação de iniciativas que colaboram com os cuidados com a saúde mental dos colaboradores. Conheça os principais, a seguir!

Exaustão e esgotamento

Esses sintomas são os primeiros indicadores do transtorno que pode ser manifestado de forma física, como dores de cabeça, fadiga crônica, excesso de sono ou insônia, falta de ar, entre outros; e psicoemocionais, por exemplo, falta de concentração, frustração, impotência e lapsos de memória.

Atitudes negativistas

Nesse caso, o profissional deixa de realizar as funções por medo de se comprometer e dar errado, tanto em relação ao trabalho quanto sobre si mesmo. Com isso, algumas situações causam ao indivíduo a sensação de irritação, impotência e sentimento de derrota, as quais podem levar à ansiedade e depressão.

Falta de motivação

Esse sintoma é facilmente confundido com preguiça no ambiente de trabalho. Dessa forma, os colaboradores perdem o entusiasmo e ficam desmotivados na realização das funções. O motivo pode ou não ser provocado por situações no próprio ambiente profissional, o que ocasiona atrasos ou baixa qualidade nas tarefas.

Gif site (180 x 180 px) (1) (1)Tendência ao isolamento e a problemas interpessoais

Os sintomas da síndrome de burnout podem afetar o relacionamento do profissional com os colegas de trabalho. Dessa maneira, o tratamento é mantido com descaso e cinismo pelo colaborador. Com isso, o indivíduo tende ao isolamento, deixando de cumprir tarefas ou de se envolver nas atividades sociais da empresa.

Problemas de saúde

Em estágios mais avançados da síndrome de burnout, os sintomas são manifestados com mais intensidade em forma de problemas de saúde. O estresse e a ansiedade que acompanham o transtorno, por exemplo, podem causar problemas gastrointestinais, enxaqueca, palpitações cardíacas, tontura, desmaio e dores no peito.

Além disso, a falta de alimentação adequada e o descuido com a própria saúde são outros fatores que acompanham a síndrome de burnout. Isso pode levar a condições de baixa imunidade, facilitando o desenvolvimento de doenças no profissional, como infecções, gripes, resfriados, entre outros.

labortime

Como evitar que a síndrome de burnout afete os colaboradores?

É possível começar a adotar algumas práticas para prevenir e tratar os sintomas da síndrome de burnout na sua empresa. Consiste em medidas simples que promovem bons resultados a longo prazo para a saúde mental da equipe (e até para os resultados da organização). Conheça alguns, a seguir!

Cuide da saúde mental dos colaboradores

Um diálogo aberto entre os colaboradores e a empresa faz toda a diferença. Com isso, é possível identificar as dificuldades enfrentadas pelos profissionais diariamente no ambiente de trabalho e encontrar soluções para cuidar da saúde mental do time. Essa abertura também é importante para a companhia alinhar as expectativas em relação à equipe, o que evita cobranças excessivas.

Incentive uma alimentação equilibrada e a prática de exercícios

Uma dieta balanceada, com a ingestão de vitaminas e nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo, é ideal para repor as energias, manter a saúde e deixar os funcionários mais dispostos. Por isso, inclua os programas de bem-estar na sua empresa, os quais promovem a alimentação saudável e a prática de atividades físicas.

Com isso, ofereça frutas, sucos naturais, chás, entre outros alimentos saudáveis no ambiente de trabalho. Além disso, uma ótima estratégia é disponibilizar sessões rápidas de alongamento, meditação ou massagem no local.

total-grupo-gif-180x180Ofereça momentos de lazer e relaxamento

O descanso é fundamental para a mente e o corpo, o que contribui para prevenir e tratar os sintomas da síndrome de burnout. Por isso, ofereça alguns instantes e diferentes opções de relaxamento para a equipe. Por exemplo, programe um momento de lazer com o time, de acordo com a preferência da maioria, para fortalecer o espírito de equipe e o relacionamento interpessoal.

Analise a intensidade das cobranças

As cobranças levam ao estresse e esgotamento do colaborador, um dos principais sintomas da síndrome de burnout. Esse é o resultado da busca pela perfeição que o profissional cobra de si mesmo. Por isso, é preciso equilibrar a intensidade das cobranças e saber como dar feedbacks construtivos para não afetar a saúde mental do indivíduo.

Cultive relacionamentos saudáveis no ambiente de trabalho

Uma convivência mais saudável é fundamental para manter a saúde mental dos colaboradores. Sendo assim, incentive a gentileza, cooperação e cordialidade entre os profissionais. Certamente, essa prática vai tornar os dias menos estressantes e mais produtivo para todos.

Agora que você conhece os sintomas da síndrome de burnout e como evitar que essa doença interfira na saúde mental dos colaboradores, é possível adotar as medidas necessárias na sua empresa. Com isso, evita-se que o transtorno interfira na queda de produtividade e cause o afastamento dos profissionais.

Se você gostou deste conteúdo, aproveite e compartilhe nas suas redes sociais para ajudar outras empresas a cuidarem da saúde mental dos seus colaboradores!

 

Inteligência Emocional e Saúde Mental no Ambiente de Trabalho

Estudo produzido pela The School of Life, referência no ensino da inteligência emocional, em parceria com a Robert Half

Fonte: Robert Half

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s