Como se tornar um profissional competitivo em um cenário de alta concorrência

Tente imaginar um perfil: profissional de até 30 anos, fluência em três idiomas, vivência internacional, muita experiência no currículo, diversas formações e qualificações, resiliente, com espírito de liderança e inovação. Seria esse o candidato unicórnio? Com uma busca incessante pela contratação “perfeita”, recrutadores esbarram em diversos desafios, dentre eles equilibrar as exigências da empresa e encontrar o melhor candidato. Mas afinal, em um cenário de alta concorrência, como profissionais podem se preparar para o mercado de alta performance?

Para a profissional Bianca Machado, gerente sênior de Catho, candidatos unicórnios existem, apesar de raros e muito concorridos. “Esse colaborador é conhecido por oferecer grandes qualidades em suas entregas, sendo esse um dos maiores benefícios para a empresa. Além disso, ele se adequa perfeitamente ao ambiente organizacional, é altamente motivado e compartilha isso em equipe. O sonho de todo recrutador”, afirma Machado.

Geralmente cobiçados por startups e empresas ligadas à área de inovação, os unicórnios dificilmente estão disponíveis no mercado de trabalho. Nesse cenário é possível identificar: recrutadores em busca de um profissional de alta performance, bem como diversos profissionais em busca de uma oportunidade de emprego.

Para se tornar um unicórnio no mercado de trabalho, Bianca Machado listou quatro dicas para candidatos em busca de colocação e recolocação profissional:

O mundo é VUCA, adapte-se a ele: em tradução literal, a sigla VUCA significa volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade, quatro características marcantes do mundo globalizado e também do mercado de trabalho. Ou seja, atributos necessários para suprir a falta de previsibilidade no mundo dos negócios. Sendo assim, profissionais que estão preparados para lidar com mudanças e condições inesperadas, bem como propor soluções fora do esperado tradicional, com certeza se destacam aos olhos do recrutador.

Intensifique a aquisição de certificados e treinamentos: para deixar o seu currículo mais atrativo, aposte na qualificação que trará os conhecimentos necessários para o plano de carreira que se almeja alcançar. Há hoje diversas caminhos para isso, dentre eles, cursos presenciais, onlines, de curta ou longa duração. O importante é que esse profissional esteja preparado para a sua área de atuação.

Aprimore o segundo idioma e/ou terceiro idioma: sempre exigido em processos seletivos e currículos, o inglês já provou sua importância para a formação dos profissionais brasileiros. Para além disso, o idioma também traz impactos direto na remuneração desses profissionais. Segundo dados da 58º Pesquisa Salarial da Catho, a fluência de um segundo idioma chega a aumentar o salário em até 72% no caso do inglês e 59% no espanhol. O profissional que deseja se manter competitivo precisa do auxílio de um idioma estrangeiro.

Se ausente um pouco da internet: O JOMO (Joy of Missing Out) é a sigla que expressa a alegria de não estar tão conectado assim nas redes sociais. O termo pode ser adotado como um verdadeiro estilo de vida, afinal, o tempo que você estará fora das redes poderá ser utilizado para outras coisas, muitas das vezes, produtivas. Cursos, exercícios físicos, dentre outras atividades, podem ser utilizadas de forma muito mais potente na vida pessoal e profissional.

 

Fonte: Administradores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s