Investimento em educação de líderes traz benefícios à performance da empresa

 

Pense em uma empresa que só em 2018 recebeu os seguintes prêmios: melhor empresa para a mulher trabalhar (pelo GPTW – Great Place to Work) e Top of Mind RH na categoria empresas com práticas reconhecidas em diversidade e inclusão (ed. Fênix). No mesmo ano, também foi eleita a melhor empresa para trabalhar do setor de saúde (GPTW Saúde) e em 2019 foi a quinta melhor empresa para trabalhar na América Latina na categoria grandes empresas (GPTW).

Fundado por duas mulheres, o Grupo Sabin é um exemplo de empreendedorismo e gestão competente. Há 35 anos, o sonho compartilhado por duas bioquímicas tornava-se realidade em Brasília, quando transformaram a amizade em sociedade. Goiana de Anápolis, Janete Vaz uniu-se a Sandra Soares Costa, natural de Inhapim (MG), para fundar, em 1984, a primeira unidade do Laboratório Sabin, que abriu as portas com apenas três funcionários.

No começo, elas buscaram credibilidade dentro da classe médica. Com isso, identificaram que precisariam de muita capacitação. Afinal, elas eram duas farmacêuticas e ainda não tinham experiência em gestão.

Ao longo de sua existência, o Sabin passou por grandes desafios. Um deles aconteceu em 2010, quando as fundadoras se depararam com uma grande decisão empresarial:crescer ou ser incorporado por grandes grupos do setor. Ao escolher a primeira opção, iniciou-se o processo de expansão da empresa.

Em 2012 o Sabin decidiu levar seu serviço de análises clínicas, reconhecido pela excelência no atendimento, pela qualidade laboratorial e pela inovação tecnológica, para outras regiões do Brasil. Nesse ano iniciou um intenso processo de crescimento geográfico com a aquisição de laboratórios e clínicas de diagnóstico por imagem em várias regiões do País.

Dando continuidade ao forte ritmo de expansão, inaugurou, no início de 2017, a nova sede, com cerca de 14.000 m² de área construída seguindo os conceitos de edificações sustentáveis. O Núcleo Técnico Operacional da nova sede tem capacidade produtiva instalada para mais de 5 milhões de exames por mês.

Atualmente a empresa conta com 280 unidades, 5.500 funcionários e está presente nas cinco regiões do Brasil. Em 2018 foram atendidos 4,8 milhões clientes. Seu Sistema Integrado de Gestão conta com programas de acreditação e certificações que chancelam sua constante busca pela excelência.

Educação corporativa

O Sabin acredita que a capacitação de seus profissionais traz um diferencial tanto no mercado quanto no clima da organização e, portanto, tem investido cada vez mais no desenvolvimento das pessoas.

Fundada em 2009, a Universidade Corporativa do Grupo Sabin – UniSabin – tem como missão garantir o alinhamento entre as competências organizacionais e funcionais, melhorando a performance dos colaboradores e a competitividade da organização, além de dar sustentação à expansão geográfica da empresa.

A UniSabin tem 7 academias:

  1. Academia Institucional: apresenta ações instrucionais focadas na disseminação, no fortalecimento e na renovação da Cultura Sabin e na capacitação dos programas de integridade e ética, além de capacitar todos os colaboradores nas competências identificadas como essenciais a todo colaborador do Grupo Sabin.
  2. Academia Educacional: tem seu foco na formação de educadores que auxiliarão a UniSabin por meio de sua educação continuada, em temas relacionados à aprendizagem e à educação.
  3. Academia Clientar: visa a oferecer ao cliente uma experiência única e positiva. Suas trilhas de aprendizagem focam práticas e comportamentos que as equipes devem dominar para manter a “Humanização no Atendimento”, prática compreendida como diferencial estratégico.
  4. Academia de Liderança: oferece trilhas de aprendizado e programas de desenvolvimento contínuo para fomentar o conhecimento e desenvolver a liderança que dará suporte aos planos que o grupo possui para os próximos anos.
  5. Academia Operacional: destinada a desenvolver competências que suportem as atividades operacionais da empresa nas diferentes áreas, tanto vinculadas à área técnica como também às áreas administrativas.
  6. Academia de Negócios: busca o desenvolvimento de competências identificadas como chave para o negócio Sabin, como visão de mercado, visão sistêmica, foco em resultado etc.
  7. Academia Científica: tem foco no desenvolvimento de programas de atualização científica nas áreas de atuação do Grupo Sabin.

É o constante investimento em ciência, gestão e educação de seus líderes e equipes que mantém o Grupo Sabin na vanguarda da inovação e excelência, mantendo assim seuespírito empreendedor desde sua fundação.

Essa fórmula de sucesso já é bastante conhecida e não costuma falhar: investir em pesquisa & desenvolvimento, educação, empreendedorismo e gestão de qualidade. Por que ainda um desafio enorme para o Brasil? Por que patinamos tanto?

* Marisa Eboli é doutora em administração pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP e especialista em educação corporativa. É professora da graduação e do mestrado profissional da Fundação Instituto de Administração (FIA). (meboli@usp.br)

Fonte: Estadão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s